Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

PROSTATECTOMIA ROBO ASSISTIDA EM PACIENTE PREVIAMENTE SUBMETIDO A PROSTATECTOMIA SIMPLES TRANSVESICAL: CIRURGIA SEGURA E COM BONS RESULTADOS FUNCIONAIS

Resumo

Resumo:A hiperplasia prostática benigna(HPB) é uma doença altamente prevalente entre os homens e pode ser tratada cirurgicamente. Eventualmente esses pacientes podem se deparar com achados de câncer na anatomia patológica das peças cirúrgicas ou evoluir com câncer de próstata em seguimento. O tratamento cirúrgico do câncer de próstata, se torna desafiador diante do cenário de abordagem prostática prévia.

Objetivo: Este estudo tem como objetivo apresentar o resumo do vídeo da cirurgia de um paciente Submetido a Prostatectomia Radical(PTR) Robô-Assistida, previamente submetido a Prostatectomia transvesical(Freyer), aberta, expondo seus desafios técnicos.

Métodos: Estudo do tipo relato de caso de paciente atendido pela equipe dos autores no ano de 2019. Os dados foram coletados através de revisão de prontuário.

Resultados (Relato de caso): JBM, 68 anos, história prévia de prostatectomia transvesical a Freyer, aberta, em 2015, devido a hiperplasia prostática benigna com LUTS refratário a tratamento medicamentoso. Evoluiu a partir de 2017 com PSA em elevação, atingindo valores de 5,1ng/dL com relação livre/total de 12%. Realizou Ressonância multiparamétrica da próstata Com nódulo PIRADS 4, sendo indicada biópsia de próstata que evidenciou: Adenocarcinoma da próstata, Gleason 8 (4+4) em 2 fragmentos. Estadiamento com Cintilografia óssea a TC de abdome sem achados secundários. Foi indicada e realizada PTR, por técnica robô assistida, optado pelo acesso transperitoneal, sem abertura da fáscia endopélvica e sem ligadura da veia dorsal, com anastomose a Van Vethoven clássica com 2 fios de V-Loc v180 sem realização de Rocco. Foram evidenciadas, aderências pré-prostáticas entre gordura perivesical e parede abdominal e moderada distorção da anatomia do colo vesical como principais fatores dificultantes. Demais passos cirúrgicos transcorridos sem intercorrências. Anatomia patológica apresentou: Adenocarcinoma usual da próstata Gleason 8 (4+4) sem invasão extraprostática, com margens cirúrgicas, vesículas seminais e 10 linfonodos dissecados, livres de neoplasia. Paciente atingiu continência total com 35 dias pós retirada de sonda vesical. PSA 45 dias < 0,04 ng/dL e atualmente obtém ereções com Sildenafil 100mg.ô

Conclusão: A PTR Robô assistida, se mostrou técnica segura e com bons resultados funcionais para o tratamento do câncer de próstata no paciente do descrito, havia passado de prostatectomia simples transvesical.

Palavras Chave ( separado por ; )

prostatectomia radica; robotica; prostatectomia ; HPB

Área

Uro-oncologia

Instituições

Hospital Santo Antônio - Obras Sociais Irmã Dulce - Bahia - Brasil

Autores

Lucas Prates da Nova, NIlo Jorge Carvalho Leão Barretto, Wendel Souza Kruschewsky, Thiago Garcia de la Torre, Francisco Carlos Lustiago Junior, João Pedro Barretto de Andrade, Nilo Cesar Leão Barretto de Souza