Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

POSIÇOES CIRURGICAS EM NEFROLITOTOMIA PERCUTANEA: DECUBITO VENTRAL VS VALDIVIA-GALDAKAO. ANALISE RETROSPECTIVA DOS RESULTADOS CLINICOS

Resumo

A nefrolitotomia percutânea (NLPC) é a técnica cirúrgica de escolha para cálculos renais maiores que 2cm. Variações da técnica têm sido descritas com o passar do tempo, sendo a posição cirúrgica uma das principais modificações realizadas. A tradicional posição ventral apresenta certas desvantagens, como necessidade de reposicionar o paciente após a passagem do cateter ureteral, o que acaba – geralmente - elevando o tempo cirúrgico. As posições em decúbito dorsal, entre elas a posição descrita por Valdívia-Galdakao, apresetam-se como alternativa.

Com o objetivo de comparar as duas posições citadas, analisamos retrospectivamente as nefrolitotomia percutaneas realizadas em um centro acadêmico, incluindo dois hospitais (Hospital Estadual Mário Covas e Hospital de Clínicas de São Bernardo dos Campos) e equipes cirúrgicas distintas.

Foram incluídos na análise os pacientes submetidos a NLPC em nossas instituições de janeiro 2016 a dezembro 2018. Estratificados pela posição, as variáveis estudadas foram: tempo cirúrgico, queda hematimétrica, taxa de transfusão sanguínea, taxa livre de cálculos (fragmento <4mm em CT pós-operatória) e complicações graves (Clavien>3). Para análise estatística, utilizou-se o programa Stata, versão 11.0, para um nível de confiança adotado de 95%.

Noventa e dois pacientes foram incluídos no estudo, destes 69 (75%) foram operados em posição de Valdívia-Galdakao, enquanto 23 (25%) em posição ventral. O tempo de cirurgia, em minutos, apresentou diferenças significantes entre a posição do paciente (p= 0,018), com tempo mais longo para a posição ventral (mediana de 120, IC95%: 105,09; 123,95). As demais variáveis foram equivalentes nas duas posições.

Em nosso estudo, observa-se a concordância entre a efetividade e segurança das posições cirúrgicas descritas, em que pese o melhor desempenho para a posição Valdívia-Galdakao no que tange o tempo cirúrgico, dado que corrobora os encontrados na literatura.

Palavras Chave ( separado por ; )

Nefrolitotomia percutânea; endourologia; valdivia-galdakao; litíase urinária; decúbito ventral

Área

Litíase / Endourologia

Instituições

Faculdade de Medicina ABC - Sao Paulo - Brasil

Autores

Felipe Guerreiro Quadros, Vinicius Dall'Aqua, Antonio Flavio Rodrigues, Leonardo Monteiro, Beatriz Galvez Magnoni, Felipe Marsiglia Faustino Saporito, Alexandre Augusto Monteiro Sato, Luiz Alexandre Villares Costa, Mario Henrique Elias Mattos, Antonio Correa Lopes Neto