Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

DESEJO DE PATERNIDADE EM PACIENTES SUBMETIDOS A PROSTATECTOMIA RADICAL

Resumo

INTRODUÇÃO: O câncer de próstata é a 2a neoplasia mais comum no homem, correspondendo a 15% dos casos de câncer. A prostatectomia radical é uma opção terapêutica amplamente utilizada no tratamento e com benefícios na sobrevida. Entretanto, os pacientes evoluem com anejaculação, tornando-se inférteis. OBJETIVO: Avaliar o desejo de paternidade em pacientes após prostatectomia radical, apesar do esclarecimento quanto à infertilidade na discussão pré-operatória. MÉTODO: A coleta foi realizada através da entrevista por telefone em março e abril de 2019 em pacientes submetidos à prostatectomia radical (retropúbica ou laparoscópica) entre fevereiro de 2018 a fevereiro de 2019. Dentre os 78 homens operados, 42 responderam a entrevista. RESULTADOS: A idade média dos pacientes foi de 65,55 anos (55 - 77), sendo 37 casados (88,1%). Entre os 40 pacientes (95,2%) com filhos, a média foi de 3,8 filhos (1 - 13) por paciente. A cônjuge tinha em média 57,17 anos (35 - 74). A entrevista constatou o desejo de paternidade em 4 pacientes (9,5%), com idades entre 57 a 59 anos, todos casados e com filhos (1 a 5). CONCLUSÃO: Além da preocupação quanto à continência urinária e função erétil, a fertilidade deve ser abordada com os homens, independentemente da idade ao diagnosticar o câncer de próstata. Alternativas terapêuticas devem ser oferecidas antes da cirurgia (ex. criopreservação do sêmen) e no pós-operatório (ex. fertilização in vitro).

Palavras Chave ( separado por ; )

Infertilidade; câncer de próstata; prostatectomia.

Área

Infertilidade

Instituições

Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira - IMIP - Pernambuco - Brasil

Autores

Rodrigo Luciano Ramos Silva, Thalita Dutra Silva, Matheus Mello Freire Santana, Francualdo Ribeiro Sa Barreto, Filipe Tenorio Lira Neto, Sergio Luis Silva Calisto, Levi Cezar Castro Figueiredo, Serafico Pereira Cabral Junior