Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

EMBOLIZAÇAO SUPERSELETIVA EM PSEUDOANEURISMA POS NEFRECTOMIA PARCIAL: RELATO DE CASO E REVISAO DA LITERATURA

Resumo

INTRODUÇÃO: O desenvolvimento de exames de imagem mais acurados e sua maior disponibilidade contribuem para o diagnóstico mais frequente de tumores renais, por vezes como achados incidentais - chamados incidentalomas - em fase inicial, possibilitando a realização de nefrectomia parcial. A cirurgia poupadora de néfrons apresenta menor risco de levar o paciente à doença renal crônica quando comparada à nefrectomia radical, com resultados oncológicos equivalentes. Dentre as principais complicações associadas a este procedimento podemos enumerar fístulas urinárias, sangramento perioperatório e lesões vasculares, destacando-se fístulas arteriovenosas e pseudoaneurisma, condição esta que pode cursar com quadro agudo de hipotensão, hematúria e até choque hemorrágico, o que demanda alto índice de suspeição, diagnóstico acurado e tratamento imediato.
Reportamos o caso de um paciente submetido a nefrectomia parcial videolaparoscópica que evoluiu no pós-operatório tardio com pseudoaneurisma de artéria renal e necessidade de tratamento endovascular, bem como uma revisão da literatura acerca do tema.

APRESENTAÇÃO DO CASO: Paciente masculino, 68 anos, com achado incidental de lesão em polo superior do rim E de 47mm em exame de rotina (seguimento de aneurisma de aorta). Optado inicialmente por realizacão de biópsia pelas comorbidades, com anatomopatológico de carcinoma de células clara e eosinófilas. Indicado inicialmente tratamento endovascular do aneurisma de aorta e posteriormente submetido a nefrectomia parcial videolaparoscopica esquerda, procedimento sem intercorrências. Boa evolução no pós-operatório inicial porém paciente retorna do quadragésimo dia de pós operatório com quadro de hematúria franca e hipotensão. Submetido a avaliação por tomografia computadorizada de abdome com achado de grande quantidade de sangue na cavidade e indício de sangramento ativo. Solicitada então avaliação da cirurgia vascular que optou por realização de arteriografia com confirmação de pseudoaneurisma e tratamento endoscópico (embolização com mola) no mesmo ato.

CONCLUSÃO: O diagnóstico de tumores renais em estágios iniciais tem incidência crescente, bem como da realização de nefrectomias parciais. Pseudoaneurisma de artéria renal consiste em complicação relativamente rara porém crescente. É de suma importância o conhecimento desta condição a fim de seu diagnóstico e tratamento sejam realizados de maneira rápida e eficiente.

Palavras Chave ( separado por ; )

tumor renal; nefrectomía parcial; laparoscopia; aneurisma; tratamento endovascular

Área

Uro-oncologia

Instituições

Unicamp - Sao Paulo - Brasil

Autores

Fabio Coltro Neto, Thairo Alves Pereira, Leopoldo Osvaldo Dias Ferreira, Guilherme Miranda Andrade, Ivan Borin Selegatto, Ricardo Miyaoka