Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

VALIDAÇAO DO ESCORE KDPI EM UM CENTRO DE TRANSPLANTE RENAL DO PARANA

Resumo

O cenário incongruente das filas de transplante renal acarreta na consequente inacessibilidade dessa terapia às parcelas da população que apresentavam prognóstico inferior. Essa realidade motivou a UNOS (Rede Unida para o Compartilhamento de Órgãos) a desenvolver o conceito de “Rins marginais” através da criação do Critério de Doador Expandido (DCE). A nova política de alocação dos órgãos é baseada, entre outras coisas, no KDPI (Índice do Perfil do Doador Renal), um escore numérico que pontua variáveis relacionadas ao histórico do doador e mensura a qualidade do enxerto. São critérios analisados pelo KDPI: idade, altura, peso e etnia, histórico de hipertensão ou diabetes, creatinina sérica, status do HCV, causa da morte e se foi uma doação após morte cardíaca. O objetivo do presente estudo foi validar a utilização do escore KDPI na realidade brasileira de transplante renal e a sua capacidade prognóstica na sobrevida global do paciente e do enxerto. Para tanto, foi realizada análise retrospectiva cuja amostra final foi composta de 249 pacientes que realizaram transplante renal entre os anos de 2010 e 2017 em um Hospital Universitário de Curitiba. Foram considerados órgãos DCE os que obtiveram KDPI calculado > 85%. 33 pacientes foram considerados DCE através do cálculo do KDPI, foi descrito percentual de óbito significativamente maior nesse grupo durante o período da análise 24% (p=0,005), enquanto o grupo considerado com enxerto padrão obteve percentual de óbito de 2,7% (p=0,003). Desta maneira, os resultados levam a crer que o KDPI é capaz de mensurar a qualidade do enxerto na população brasileira. Por ser um instrumento de pouca complexidade, baixo custo e elevada reprodutibilidade, seu uso deve ser mais empregado pelos serviços transplantadores.

Palavras Chave ( separado por ; )

KDPI; transplante renal; critério expandido;

Área

Transplante Renal / Miscelânea

Instituições

Hospital Universitário Cajuru - Parana - Brasil, PUCPR - Parana - Brasil

Autores

LUIZE KREMER GAMBA, Juliana Flizicosk Hosoume , Fabiana de Souza Bebber , Silvia Hokazono, Fernando Meyer