Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

AVALIAÇAO DE PACIENTES SUBMETIDOS A SLING MASCULINO NO TRATAMENTO DA INCONTINENCIA URINARIA POS PROSTATECTOMIA RADICAL

Resumo

Introdução: A Radioterapia e a prostatectomia radical constituem os principais tratamentos de cura para o câncer de próstata localizado. A prostatectomia radical pode levar à incontinência urinária em 6 a 20% dos pacientes, mesmo nos grandes centros de referência. Entre as várias causas da incontinência urinária, a incompetência esfincteriana é uma das mais comuns. Apesar dos resultados satisfatórios com o uso do AMS 800 (considerado tratamento padrão ouro para incontinência urinária pós prostatectomia radical), reoperações são necessárias em até 80% em 10 anos. O sling masculino apareceu como uma possibilidade de tratamento para pacientes com incontinência urinária esfincteriana após cirurgia da próstata. A eficácia global do sling masculino (pacientes secos ou com melhora>50%) é estimada em 70%.
Métodos: Trata-se de um estudo prospectivo, não randomizado e não controlado. Estes pacientes foram escolhidos aleatoriamente, de acordo com os critérios de inclusão e exclusão, sendo composto apenas por pacientes incontinentes e foram divididos em dois diferentes grupos: Grupo1- Incontinência leve/moderada (Teste do absorvente < 400g/24h) [7 pacientes] ; Grupo 2- Incontinência grave (Teste do absorvente >400g/24h)[9 pacientes]. Todos apresentaram urocultura negativa, teste do peso de absorvente, avaliação urodinâmica, questionário de qualidade de vida ICIQ-SF e uretrocistoscopia (esta se fosse necessária). Os pacientes foram submetidos ao procedimento de colocação de Sling masculino transobturatório (PRM - Dynamesh) e foram reavaliados no intervalo de três a seis meses após a cirurgia.
Resultados: Neste trabalho, o grupo com incontinência leve/moderada apresentou uma melhora clínica (>50%) em 100% (7/7) dos casos e cura (seco ou 1 pad/24h) em 71% (5/7) dos casos. Já o grupo com incontinência severa apresentou uma melhora clínica (>50%) em 44% (4/9) dos casos e cura (seco ou 1 pad/24h) em 33% (3/9) dos casos.
Conclusão: O Sling masculino está bem indicado no tratamento da incontinência urinária masculina leve/moderada. Este tratamento poderá ser indicado no tratamento de incontinência urinária masculina severa em casos bem selecionados.

Palavras Chave ( separado por ; )

Sling masculino; Incontinência urinária; Prostatectomia radical

Área

Uroneurologia / Disfunção Miccionais / Urodinâmica

Instituições

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PEDRO ERNESTO - Rio de Janeiro - Brasil

Autores

ALUISIO ALMEIDA PINTO, CAIO HENRIQUE LUCIO CARRASCO, JOAO GUILHERME de SOUZA CARVALHAL, THALES MENDES MIRANDA, RAPHAELA de ALMEIDA GAZZOLI, JUAN PABLO SUAREZ BARBERAN, PEDRO LAGO FERRER, HENRIQUE ALVES MACHADO, DANILO SOUZA LIMA da COSTA CRUZ, RONALDO DAMIAO