Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

COMPARAÇAO DA GRADUAÇAO DE GLEASON ENTRE BIOPSIAS E A PEÇA CIRURGICA EM PACIENTES PORTADORES DE CANCER DE PROSTATA

Resumo

Introdução: De acordo com dados do GLOBOCCAN o câncer de próstata é o mais prevalente em homens excluindo-se o câncer de pele não melanoma. O score de Gleason é o principal indicador de agressividade do câncer de próstata, e os resultados obtidos na biópsia e no exame anatomopatológico da peça cirúrgica deveriam ser iguais. A literatura nacional é escassa em discutir a comparação da graduação de Gleason entre biópsias e peças cirúrgicas de câncer prostático. Objetivos: Comparar o score de Gleason das biopsias pré-cirúrgicas e peças de prostatectomia radical, em pacientes com câncer de próstata, Identificar fatores que influenciem na discrepância dos resultados. Métodos: Trata-se de estudo observacional transversal retrospectivo onde foram analisados os prontuários de pacientes que realizaram biópsia prostática com diagnóstico de Adenocarcinoma Acinar Usual e que posteriormente foram submetidos à prostatectomia radical no Hospital Universitário Evangélico Mackenzie (HUEM), no período de janeiro de 2014 à dezembro de 2018. Dos prontuários foram extraídos os scores de Gleason das biópsias e comparados ao das peças cirúrgicas. Ainda foram analisados os parâmetros: 1) antígeno prostático especifico (PSA),2) Idade do paciente 3) Tamanho prostático da peça cirúrgica 4) Presença de nódulo ao exame digital da próstata. Os achados foram tratados estatisticamente pelos métodos de teste one way ANOVA , teste de Kruskal-Wallis e teste de Mann Whitney com admissão de significância para p< 0,05. Resultados: Nos 115 pacientes avaliados foi encontrada uma média de idade de 65.5 anos variando de 47 à 83. Da comparação dos dados foi possível identificar 27 casos onde score de Gleason aumentou na peça cirúrgica (23,47%), 13 casos diminuiu (11,30%) e 75 casos permaneceu igual (65,21%). A média do tamanho prostático foi de 38.4cc variando de 5.3 à 178. A média do antígeno prostático especifico (PSA) foi de 10.63 ng/ml variando de 0.67 à 43.59 com mediana de 8. Foram detectados nódulos ao exame digital da próstata em 70 pacientes (60,89%) No estudo das variáveis de acordo com as alterações no score de Gleason a idade apresentou p= 0,54, PSA p= 0,75, tamanho da próstata p=0,01 e presença de nódulos prostáticos p= 0,49. Conclusão: No presente estudo a concordância do score de Gleason da biópsia de próstata pré-cirúrgica com a prostatectomia foi exata em 65,21% dos casos e dos fatores analisados o que influenciou significativamente na variação do score foi o tamanho da próstata.

Palavras Chave ( separado por ; )

biópsia; gleason; câncer; próstata; urologia

Área

Uro-oncologia

Instituições

Faculdade Evangélica Mackenzie do Paraná - Parana - Brasil, HOSPITAL UNIVERSITÁRIO EVANGÉLICO MACKENZIE - Parana - Brasil

Autores

Alan Knabben Magri, Fábio Hideki Mizote, José Eduardo Dias Moreira, Rodolfo Barquet Meorin, Wellington Bitencourt Avila Milhan, Bianca Carvalho Moreira, Cyro Cezar de Oliveira, Luiz Martins Collaço, João Pedro Schiavini Muhlbeier, Moisés Henrique Ribas Leonardi