Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

PERFIL SOCIO DEMOGRAFICO E COMPLICAÇOES POS OPERATORIAS DOS PACIENTES SUBMETIDOS A CIRURGIA ESTERILIZADORA MASCULINA NO SERVIÇO DE REFERENCIA EM SAUDE SEXUAL E REPRODUTIVA (SRSSR) DO MUNICIPIO DE VITORIA – ES.

Resumo

INTRODUÇÃO:
O Ministério da Saúde, por meio da Lei 9263/96, garante o direito do controle de prole a todos os brasileiros. Dentro desse contexto a cirurgia de esterilização masculina, considerada um dos métodos anticoncepcionais mais efetivos e seguros, é ofertada pelo município de Vitória a seus munícipes através de seu plano de diretrizes e atenção à saúde.

OBJETIVOS:
Demonstrar o perfil dos pacientes esterilizados e as principais complicações pós operatórias.

MÉTODOS:
Coorte retrospectiva. Foram analisados os prontuários dos pacientes submetidos à vasectomia entre janeiro de 2016 e dezembro de 2017, totalizando 357 pacientes.
As variáveis selecionadas para este estudo foram: idade, raça/cor, escolaridade, número de filhos, renda familiar e complicações pós operatórias.
Os dados foram armazenados em planilhas no Microsoft Excel versão 2017 e descritos em percentis.

RESULTADOS:
Os pacientes se apresentavam com até 30 anos em 13,73%; entre 31 e 40 anos, 55,07%; entre 41 e 50 anos, 16,92%; entre 51 a 60 anos, 13,16% e acima de 61 anos, 1,12%. A média da idade foi de 42,87 anos.
Em relação a raça/cor, 30,98% dos pacientes se declararam brancos, 54,50% pardos e 14,11% pretos.
O número de filhos foi de até 2 filhos em 49,86%; 38,01% tinham 3 filhos e 12,13% tinham 4 filhos ou mais . A média do número de filhos foi de 2,78.
A escolaridade em 36% dos pacientes foi de ensino fundamental completo ou incompleto, 50% alcançaram o ensino médio, 10,4% o ensino superior e especialização apenas 3,6% deles.
Cerca de 23% recebem 1 salário mínimo, 62% até 2,5 salários e 15% recebem em média mais de 2,5 salários mínimos.
Necessitaram retornos não programados às unidades de saúde, 50 pacientes, 14,00% do total. Destes, 44,26% por dor local, 14,75% persistência dos pontos, equimose em 4,91%, vermelhidão 4,91% e edema 1,64%. Porém somente 11 pacientes, 3,08% do total, necessitaram retornar ao serviço.
Somente 19,67% apresentaram classificação de Clavien- Dindo Grau II e necessitaram uso de antibiótico. Não houve registros de Grau III.
CONCLUSÂO:
Os pacientes esterilizados no programa se constituem em sua maioria de homens pardos e negros, possuem 2,78 filhos, tem 42,87 anos e renda familiar menor que 2,5 salários minimos em médias. A necessidade de retorno não programado ocorreu em 14% dos pacientes sendo que os maiores motivos foram alterações com a ferida operatória.

Palavras Chave ( separado por ; )

vasectomia; cirurgia esterilizadora masculina; anticoncepção masculina.

Área

Transplante Renal / Miscelânea

Instituições

faculdade brasileira - multivix - Espirito Santo - Brasil

Autores

Amanda Marques Segrini, Amanda Pinheiro Basto, Bárbara Alledi Dellacqua, Eliane Tavares Polate, Kelvin Marques Moreira, Milena Suhett Lima Cassiano, Thaís Silveira de Oliveira, Carlos Henrique Segall jr