Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

PERFIL CLINICO-EPIDEMIOLOGICO DO PACIENTE SUBMETIDO A NEFRECTOMIA SIMPLES EM SERVIÇO DE UROLOGIA DE HOSPITAL UNIVERSITARIO

Resumo

Introdução: A nefrectomia simples caracteriza-se pela retirada do rim após perda permanente de sua função, devido a causas não-oncológicas. O objetivo deste estudo foi estabelecer o perfil clínico-epidemiológico dos pacientes submetidos a nefrectomia simples em serviço de urologia de hospital universitário com avaliação retrospectiva de fatores de risco e das principais etiologias causadoras do comprometimento renal.
Material e métodos: Foram analisados 132 prontuários de pacientes submetidos à nefrectomia simples no período de janeiro 2011 a dezembro? 2017. As seguintes variávies foram avaliadas: sexo, raça, idade, índice de massa corporal (IMC), história mórbida pregressa (procedimentos urológicos em geral), diabetes mellitus (DM) e hipertensão arterial sistêmica (HAS) e exame de imagem exames laboratoriais e taxa de filtração glomerular. Dados operatórios (lado, tipo da cirurgia, taxa de conversão, duração, sangramento, necessidade de transfusão, achados operatórios), complicações pós-operatórias, tempo de internamento pós-operatório e resultado anatomopatológico.
Resultados: Do total da amostra (132) 73,5% eram mulheres. A idade média foi de 48,6 anos. A principal etiologia causadora da perda funcional do rim foi litíase 66,7% dos casos. Outras etiologias identificadas foram a estenose da junção ureteropiélica 19,7% (xx/132) e pielonefrite crônica 18,9% . Dentre as comorbidades, 12,1% tinham diagnóstico de DM e 42,4% de HAS. Cinquenta por cento da amostra tinha IMC>25 kg/m². Mais de 90% das cirurgias se iniciaram por via laparoscópica, com tempo operatório médio foi de 216 minutos e a estadia hospitalar pós-operatória média foi de 4,6 dias. Complicações pós-operatórias que exigiram procedimentos invasivos (graus III, IV e V na Classificação de Clavien-Dindo) foram identificadas em 9% dos pacientes.
Conclusão: O estudo evidenciou que em dois terços da amostra, a principal indicação de nefrectomia simples foi a perda funcional renal em decorrência de litíase não tratada. Outros fatores notadamente associados foram sobrepeso, HAS e DM. Tais resultados sugerem que o diagnóstico tardio e/ou a não assistência a casos de litíase renal contribuem como causas potencialmente evitáveis de perda de função renal.

Palavras Chave ( separado por ; )

nefrectomia simples; litíase renal; exclusão renal

Área

Litíase / Endourologia

Instituições

Hospital de Clínicas da UFPR - Parana - Brasil

Autores

Lucas Rolim Valoni, Mateus Oliveira Balhestero, Joaquim Lorenzetti Andrade, Rodrigo Ketzer Krebs