Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

IMPACTO DOS NIVEIS HORMONAIS SEXUAIS PRE-OPERATORIOS NOS RESULTADOS DA REVERSAO DE VASECTOMIA

Resumo

Objetivos: A vasectomia é um dos procedimentos urológicos mais comuns, e 6% dos homens submetidos à vasectomia buscarão a reversão da vasectomia (RV). O principal preditor de resultados de RV é o intervalo de tempo desde a vasectomia, mas outros fatores, como os níveis hormonais sexuais, podem ter impacto no sucesso da RV. Este poster tem o objetivo de avaliar o impacto dos níveis pré-operatórios dos hormônios sexuais nas taxas de patência e no espermograma pós-operatório.
Métodos: Revisamos os prontuários de 35 homens submetidos à RV por um único cirurgião, no período de junho de 2016 a agosto de 2018 e que possuiam níveis dos hormônios sexuais pré-operatórios e dados de espermograma pós-operatório disponíveis. Avaliou-se o impacto dos níveis hormonais sexuais pré-operatórios, testosterona livre, testosterona livre, estradiol, hormônio luteinizante (LH), hormônio folículo estimulante (FSH) e relação testosterona / estradiol (T / E), na taxa de patência, na contagem total de espermatozóides no pós-operatório (CTS), e na contagem total de espermatozóides móveis (CTSM). Todos os procedimentos foram realizados através de microcirurgia, utilizando-se uma técnica de múltiplas camadas e com micro-pontos para vasovasostomia (VV) e a técnica de intussussepção longitudinal para vasoepididimostomia (VE). Dados do primeiro espermograma pós-operatório realizado 4 semanas após o procedimento foram utilizados na análise.
Resultados: A idade média do paciente e da parceira foi de 39,2 e 30,8 anos, respectivamente. O intervalo médio desde a vasectomia foi de 7,5 anos. Foram 29 (82%) VV bilaterais, 3 (9%) VE bilaterais, 1 (3%) VV unilateral, 1 (3%) VE unilateral e 1 (3%) VE unilateral / VV unilateral. A taxa de patência geral foi de 91%, e as medianas da contagem total de espermatozóides e da contagem total de espermatozóides móveis foram 22,5 x 106 espermatozóides / ejaculado e 2,5 x 106 espermatozóides móveis / ejaculado.
As análises de subgrupos baseadas nos níveis de hormônios sexuais pré-operatórios revelaram que os níveis de FSH e T / E estavam negativamente associados com CTS e CTSM no pós-operatório. Por outro lado, nenhum hormônio sexual mostrou associação com a taxa de patência.
Conclusões: Os níveis pré-operatórios de FSH e relação T / E parecem ter um impacto negativo nos resultados iniciais de RV. Mais estudos com amostras maiores e maior tempo de acompanhamento são necessários para validar esses achados


Palavras Chave ( separado por ; )

Reversão de Vasectomia, Infertilidade, Homônios Sexuais

Área

Infertilidade

Instituições

ANDROS RECIFE - Pernambuco - Brasil, INSTITUTO DE MEDICINA INTEGRAL PROF. FERNANDO FIGUEIRA - Pernambuco - Brasil

Autores

Filipe Tenorio Lira Neto