Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

EXPERIENCIA INICIAL EM MINILAPAROSCOPIA DE SERVIÇO DE UROLOGIA PEDIATRICA ATUANTE NO INTERIOR DO PARANA

Resumo

Introdução: A técnica cirúrgica padrão-ouro, para as patologias infantis do trato urinário, é na maior parte das vezes pela via aberta. No entanto, com o desenvolvimento de materiais laparoscópicos miniaturizados e com treinamento adequado dos cirurgiões, foi possível a aplicação da minilaparoscopia em várias das patologias urinárias.
Objetivo: Demonstrar a experiência inicial em minilaparoscopia de serviço de urologia pediátrica no interior do estado do Paraná.
Métodos: estudo retrospectivo através de análise de prontuário. De setembro de 2015 a maio de 2019, 75 crianças, com idade média de 4,9 anos (65 dias a 17 anos), foram submetidos a minilaparoscopia. Predominou o sexo masculino com relação de 60/15 (4x). Foram 5 (6,6%) cirurgias de urgência e 70 (93,4%) eletivas.
Resultados: Follow-up de 1 mês a 3 anos e 8 meses. A patologias mais comumente operadas foram: hérnia inguinal 37 (49,4%), estenose de junção pieloureteral 12 (16%), criptorquidia 11 (14,6%) e refluxo vesico-ureteral 7 (9,3%). A taxa de complicações neste follow-up foi de 6,6 % (5 pacientes). A taxa de conversão para cirurgia aberta foi zero, apesar da realização de cirurgias combinadas. Foram 36 (48%) pacientes do sistema privado e 39 (52%) do sistema público. As cirurgias laparoscópicas representaram 16,2% do volume cirúrgico total do serviço neste mesmo período.
Conclusões: A cirurgia laparoscópica não é técnica padrão-ouro para o tratamento da maioria das patologias do trato urinário infantil. No entanto, com o avanço tecnológico e treinamento adequado, vem expandindo seus limites para idades cada vez mais precoces e para uma maior variedade de patologias.

Palavras Chave ( separado por ; )

minilaparoscopia; urologia pediátrica

Área

Urologia Pediátrica

Instituições

Faculdade Assis Gurgacz - Parana - Brasil, Master Clínica - Parana - Brasil

Autores

Alex Sato Tanaka, Gustavo Marconi Caetano Martins, Mariana Araújo Barbosa Tanaka, Milton Tatsuo Tanaka, José Barbosa Mendes Junior, Eduardo Fernando Pacagnan, Fabio Luiz Souza, Diego Sato Tanaka, Juan Mateus S Mendes, Lucas Rossato Chrun