Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ESTRATEGIAS FACILITADORAS PARA NEFRECTOMIAS PARCIAIS LAPAROSCOPICAS EM TUMORES DE DIFICIL LOCALIZAÇAO.

Resumo

INTRODUÇÃO:A nefrectomia parcial é um procedimento utilizado para se retirar tumores renais localizados com o intuito de preservação da função renal. Recentemente, múltiplas equipes têm adotado o uso do acesso laparoscópico para a realização deste procedimento, oferecendo menor morbidade, além de resultados funcionais e oncológicos semelhantes quando comparado à via aberta. No entanto, a localização de algumas lesões renais torna o procedimento bastante trabalhoso pelo acesso laparoscópico. OBJETIVO: Apresentar estratégias facilitadoras para nefrectomias parciais laparoscópicas pelo acesso transperitoneal em tumores de difícil localização, compartilhando nossa experiência em mais de 30 casos.MÉTODOS: Através do acesso transperitoneal, os tumores renais de localização posterior podem ser melhor apresentados para a óptica através da passagem de um ponto na linha de Brodel, o qual denominamos de ponto de suspensão ou mobilização renal. Para confeccioná-lo, utilizamos um vicryl- 1, com agulha de 4.8 cm, com aproximadamente 30 cm de comprimento, ancorado com polímero plástico. Após a liberação completa do rim (nefrólise), transfixamos esse ponto na linha de Brodel, retificamos a agulha e a passamos por via transcutânea, exteriorizando-a na pele. A passagem transcutânea dessa agulha ocorre mais próxima possível da linha média do abdome do paciente, de forma que quando tracionado o fio externamente, o rim se desloca medialmente e anteriormente, fazendo com que os tumores presentes na face posterior do rim se apresentem de forma mais adequada ao cirurgião, facilitando a ressecção dessas lesões e a sutura do parênquima.RESULTADOS: Essa estratégia, torna a exérese da lesão e a posterior sutura do parênquima mais confortável e rápida ao cirurgião, reduzindo o tempo de isquemia e a possibilidade de lesões iatrogênicas.estruturas adjacentes, além da pouca intimidade que a maioria dos cirurgiões laparoscópicos possuem com o acesso. CONCLUSÃO: Sabemos que o acesso laparoscópico oferece menor morbidade, além de resultados funcionais e oncológicos semelhantes quando comparado à via aberta. Porém alguns casos desmotivam os cirurgiões laparoscópicos como o apresentado em nosso trabalho devido a grande dificuldade técnica. Nossa apresentação orienta passos para que o fator “técnica cirúrgica” não desestimule ou impeça que o cirurgião laparoscópico realize tais cirurgias.

Palavras Chave ( separado por ; )

TUMORES RENAIS; NEFRECTOMIA PARCIAL; NEFRECTOMIAS PARCIAS LAPAROSCOPICAS

Área

Transplante Renal / Miscelânea

Instituições

SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE GOIÂNIA - Goias - Brasil

Autores

ROGÉRIO MENEZES SILVA , LEANDRO CARVALHO VITORINO, TIAGO MORAES ARAÚJO, JOÃO ERNESTO PETRILLO LEÃO, LUIS KLÉBER FERNANDES LIMA, OCTÁVIO ANTÔNIO NETO, WAGNER GALVÃO KONO