Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ESTUDO PROSPECTIVO, RANDOMIZADO COMPARANDO SUTURA CONTINUA COM A SUTURA INTERROMPIDA NA PROSTATECTOMIA RADICAL ABERTA.

Resumo

Introdução: A anastomose vésicouretral (AVU) durante a Prostatectomia Radical (PR) afeta a recuperação funcional da continência urinária. A cirurgia retrógrada, técnica de Walsh (PRR), com sutura interrompida (SI) é opadrão ouro da cirurgia aberta, enquanto a sutura contínua (SC) o é na Robótica. A SC é reproduzível em Prostatectomia Radical Retropúbica Anterógrada Aberta.

Objetivos: O estudo foi realizado com o objetivo de evidenciar os benefícios usando SC na AVU quanto a recuperação da continência urinária e a curva de aprendizado medida pelo tempo gasto na anastomose.

Métodos: De março de 2015 a junho de 2018 foram randomizados 120 homens com câncer de próstata localizado e indicação de PR. 60 submetidos a SC e 60 a SI, avaliados até 90 dias pós cirurgia.
A SC foi feita como descrito por Van Velthoven 2003 et al, com preservação do colo vesical. Sutura âncora as 6h, 2 fios de Caprofyl®3-0, amarrados na extremidade, iniciando na bexiga.

Resultados: Nenhuma diferença significativa foi encontrada na média de tempo da AVU (26,6min SC vs 29,5min SI). O tempo de drenagem foi menor no grupo SC (3,0 dias SC vs 3,7dias SI, p=0.033), como também o tempo de remoção do cateter (8,6 dias SC vs 14,5 dias SI, p<0,001). A taxa livre de protetor (PAD = 0) foi maior no grupo de SC, imediatamente após a remoção do cateter (55% SC vs 31,6% SI, p=0.021). O número de PADs no 1º mês também foi menor na SC (1,2/dia vs 2,2/dia SI, p=0,011). Entretanto não houve diferença significativa destas variáveis em 3 meses p=0.357. O score ICIQ em 1 mês foi menor no grupo SC (9 pontos vs 11,9 pontos SI, p=0,038), embora nenhuma diferença foi observada em 3 meses, p=0.680. Retenção urinária aguda (6,6% SC vs 5% SI) e estenose de AVU (3,3% SC vs 1,6% SI) foram similares para ambas as técnicas, p=0.731 e 0,653. (Tabela 1)

Conclusão: Anastomose vesicouretral com SC é superior a SI, propiciando recuperação mais rápida da continência urinária e menor utilização de protetores. Além disso, auxilia o treinamento para cirurgiões iniciantes, sem aumentar a curva de aprendizagem.

Palavras Chave ( separado por ; )

Câncer de Próstata; prostatectomia radical; anastomose vesicouretral.

Área

Uro-oncologia

Instituições

Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil

Autores

Juan Pablo Suarez Barberan, Fabricio Borges Carrerette, Thales Mendes Miranda, Raphaela Almeida Gazzoli, Caio Henrique Lucio Carrasco, Rui Teofilo Figueiredo Filho, Celso Costa Lara, Victor Dubeux, Danilo Souza de Lima Cruz, Ronaldo Damião