Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

PASSOS TECNICOS FACILITADORES E VANTAGENS DA PRESERVAÇAO DO COLO VESICAL NA PROSTATECTOMIA RADICAL LAPAROSCOPICA

Resumo

Introdução : O colo vesical desempenha papel essencial no mecanismo de continência. O estudo das variações de técnica de dissecção laparoscópica do colo vesical na prostatectomia radical poderá favorecer melhores resultados funcionais sem comprometimento oncológico.
Objetivos: Descrever passos técnicos facilitadores da preservação do colo vesical na prostatectomia radical laparoscópica além de suas vantagens funcionais. Com essa técnica, preserva-se o máximo de fibras circulares do colo vesical e o seu diâmetro anatômico, evitando a necessidade das reconstruções do colo vesical provocadas pela abertura excessiva, facilitando sobremaneira a coaptação da anastomose vesico-uretral, podendo reduzir tempo cirúrgico e melhorar os resultados funcionais.
Métodos: Dissecção cuidadosa, superficial e de baixa amplitude das fibras musculares da parede vesical sobre o colo vesical; criação de espaço lateral ao colo vesical para que facilite a sua dissecção posterolateral junto à uretra prostática. A utilização da pinça Mixter de 10mm durante a dissecção lateral e posterior do colo vesical é fundamental, promovendo uma completa preservação circunferencial das fibras, mantendo o diâmetro original do colo vesical, o que também facilita e otimiza a confecção da anastomose, sem a necessidade das reconstruções do colo, provocadas pela sua abertura excessiva.
Resultados: Melhora da continência precoce (1 semana e 4 semanas), redução da contratura ou estenose de colo vesical, tendência de não comprometimento das margens cirúrgicas e de falha bioquímica. Não observamos nenhuma margem cirúrgica vesical comprometida nos mais de 42 pacientes selecionados para essa técnica: casos de tumores restritos a próstata (T2c≤ N0 M0).
Conclusões: A adequada dissecção e manipulação laparoscópica do colo vesical durante a prostatectomia radical nos tumores restritos a próstata (T2c≤ N0 M0) parece determinar melhora de indicadores quanto a continência precoce, redução da contratura do colo e de lesões ureterais, sem comprometimento consistente dos resultados oncológicos.

Palavras Chave ( separado por ; )

CÂNCER DE PRÓSTATA; COLO VESICAL; CONTINÊNCIA; PROSTATECTOMIA RADICAL

Área

Transplante Renal / Miscelânea

Instituições

Hospital Santa Casa de Misericórdia de Goiânia - Goias - Brasil

Autores

TIAGO MORAES ARAUJO, LEANDRO CARVALHO VITORINO, ROGERIO MENEZES DA SILVA, WAGNER GALVÃO KONO, OCTAVIO ANTONIO DIAS NETO, JOÃO ERNESTO PETRILLO LEÃO, LUIS KLEBER FERNANDES DE LIMA