Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ADAPTAÇAO TRANSCULTURAL E VALIDAÇAO DA ESCALA DE CLASSIFICAÇAO GLOBAL DO OSATS PARA USO NO BRASIL

Resumo

INTRODUÇÃO: O “Objective Structured Assessment of Technical Skills” (OSATS) consiste em um procedimento sistemático para avaliar de forma objetiva a performance cirúrgica dos residentes. É a ferramenta de avaliação de competências técnicas mais utilizada no mundo e os estudos que abordam a sua validade e a sua confiabilidade são abundantes. Apesar disso, até então, nunca foi publicado um estudo de validação da escala de classificação global desse instrumento no Brasil.
OBJETIVOS: Objetivou-se com esse trabalho adaptar transculturalmente a Escala de Classificação Global do instrumento “Objective Structured Assessment of Technical Skill” (ECG-OSATS) para o português-brasileiro e validar a mesma no Brasil.
MÉTODOS: Primeiramente, uma versão em português-brasileiro do ECG-OSATS foi criada por meio de um processo de tradução, retrotradução, versão consensual por um comitê de especialistas e pré-teste, seguido da etapa de validação. Para validades de constructo e concorrente, foram recrutados 12 participantes e divididos em um grupo de seis especialistas e um grupo de seis novatos, que tiveram que realizar tarefas em um modelo de simulação utilizando placentas humanas. Cada participante foi filmado em anonimato e dois examinadores avaliaram os seus desempenhos usando o método tradicional subjetivo e depois a versão em português-brasileiro do ECG-OSATS.
RESULTADOS: A versão em português-brasileiro do ECG-OSATS alcançou as validades de face, de conteúdo, de constructo e concorrente. A média e o desvio-padrão das pontuações atribuídas aos especialistas foram, respectivamente, 34 e 0,894, para o Juiz 1 e 34,33 e 0,816 para o Juiz 2. No caso dos novatos, foram 13,33 e 2,338 para o Juiz 1 e 13,33 e 3,204 para o Juiz 2. O Coeficiente de Correlação (de Pearson) entre os dois juízes foi de 0,9944 com IC 95% entre 0,9797 e 0,9985, com p < 10-10, evidenciando a excelente reprodutibilidade do instrumento.
CONCLUSÃO: A versão em português-brasileiro do ECG-OSATS manteve-se equivalente ao instrumento original e foi validada. Assim, pode ser usada para avaliar as habilidades operatórias dos cirurgiões no Brasil.

Palavras Chave ( separado por ; )

Simulação; Avaliação; Educação médica; Treinamento; OSATS

Área

Transplante Renal / Miscelânea

Instituições

Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG) - Minas Gerais - Brasil, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) - Minas Gerais - Brasil

Autores

Marcelo Esteves Chaves Campos, Marcelo Magaldi Oliveira Ribeiro, Augusto Barbosa Reis, Flávio Bambirra Gonçalves, Lilian Bambirra Assis