Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

RASTREAMENTO DAS PRINCIPAIS DOENÇAS PROSTATICAS EM UMA UNIDADE BASICA DE SAUDE DA REGIAO METROPOLITANA DE FORTALEZA: RELATO DE EXPERIENCIA

Resumo

Introdução
O rastreamento de doenças prostáticas constitui-se como método de prevenção de enfermidades que acometem a saúde masculina. Nesse contexto, enfoca-se no mês de novembro campanhas para a busca ativa por neoplasia de próstata. Os homens, em comparação as mulheres, procuram menos o serviço de saúde devido aspectos culturais como dificuldades na adoção de práticas de autocuidado. Por isso, profissionais da saúde devem propor ações na tentativa de rastrear patologias em curso. Tais práticas devem ser estimuladas também nos estudantes da área de saúde, sendo a exposição da experiência de alunos do curso de Medicina em uma campanha do novembro azul, o objetivo do presente estudo.

Objetivos
Rastrear as principais doenças e alterações prostáticas através do toque retal e da anamnese direcionada na população masculina acima de 45 anos.

Metodologia
Trata-se de um estudo quantitativo, transversal, analítico e prático, realizado em uma unidade básica de saúde. Os critérios de inclusão foram: sexo masculino, acima de 50 anos ou abaixo dessa faixa, ou com história familiar de neoplasia prostática. Realizou-se avaliação metabólica, pressórica, anamnese direcionada pelo Índice internacional de sintomas prostáticos, e exame urológico. Este exame consistiu em inspeção estática e dinâmica da região perianal com posterior toque retal para avaliação da próstata.

Resultados
Em associação com o professor orientador, Dr. Ivon Teixeira, o qual é conveniado com a Secretaria de Saúde do Município de Caucaia, os alunos integrantes da Liga de Nefrologia e Urologia puderam participar do mutirão de rastreamento precoce de Câncer de Próstata da cidade, onde foram realizados atendimentos de mais de 120 pacientes. A partir desse evento, foi possível aos alunos praticar os ensinamentos sobre o exame de toque retal e sobre o manejo das principais doenças prostáticas, além da oportunidade de solidificar o aprendizado sobre o funcionamento do rastreamento do CA de próstata de acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia.

Conclusões
Portanto a realização desse mutirão de prevenção do câncer de próstata foi benéfico para os pacientes, pois além de serem examinados, receberam orientações as quais reforçaram a importância da profilaxia de tal doença e fatores de risco envolvidos. Outrossim, tal ação ofereceu aos acadêmicos oportunidade de maior vivência prática, possibilitando a melhor sedimentação do conhecimento.

Palavras Chave ( separado por ; )

Doenças prostáticas; neoplasia; próstata.

Área

Ciência Básica

Instituições

Universidade de Fortaleza - Ceara - Brasil

Autores

Edilson Lopes de Oliveira Junior, Pedro Ivo do Amaral Rangel, Beatriz Nogueira Gabriel, Leticia Macedo Pinto, Lucas Loiola Ponte Albuquerque Ribeiro, Yvilla Cinara Rolim Magalhães, Bruno Henrique Nogueira Ramos, Ivon Teixeira de Sousa