Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

INFLUENCIA DO ANTICONCEPCIONAL NO USO DE PRESERVATIVOS DURANTE A RELAÇAO SEXUAL EM ESTUDANTES DE MEDICINA

Resumo

INTRODUÇÃO
O objetivo do estudo é averiguar se há relação entre o uso de anticoncepcional e o uso de preservativos durante a relação sexual. Com isso deseja-se comprovar que quando há o uso de anticoncepcional por um indivíduo, o uso de proteção por seu parceiro ou por ele mesmo é reduzido ou inexistente.
METODOLOGIA
Foi realizada uma pesquisa em Belo Horizonte com a finalidade de obter dados que comprovem ou não a tese de que contracepção representa a principal preocupação das mulheres em idade fértil e de seus parceiros. A população analisada foi de 101 alunos tanto homens quanto mulheres estudantes de medicina com idade entre 17 e 33 anos de diversas faculdades. A entrevista foi realizada por meio de um questionário que foi aplicado e respondido online pelo site de formulários do Google.
RESULTADOS
A idade média foi de 20,3 anos e prevaleceu o sexo feminino que obtiveram 65,4% da população analisada contra 34,6% do sexo masculino. Quando perguntados em relação a atividade sexual ativa, dos 101 entrevistados, 87,5% confirmaram possuir relações sexuais com uma certa frequência, enquanto 12,5% afirmaram não possuir; 58,7% possuem um parceiro fixo ao passo que 41,3% disseram não ter. Avaliamos o uso ou não de pílulas anticoncepcional tivemos como resultado o uso de 68,3% das mulheres entrevistadas ou das parceiras sexuais, por outro lado 31,7% disseram não fazer uso. 37%, fazem uso do preservativo, enquanto 63%, não fazem. Já contraíram alguma DST cerca de 9,6% enquanto 90,4% nunca contraíram alguma dessas doenças.
DISCUSSÃO
O presente estudo tornou evidente que, embora as alunas de medicina tenham conhecimento sobre a principal indicação dos anticoncepcionais (impedir a contracepção pela inibição da ovulação), também sabem que tais métodos não protegem contra as DST’s. Diante disso, percebe-se que o uso da “camisinha” está associado a relações sexuais esporádicas e não planejadas.
CONCLUSÃO
Diante da análise, torna-se evidente que o uso de anticoncepcionais influencia na adesão dos preservativos durante o ato sexual, visto que a evitar gravidez indesejada entre os jovens assume um papel de maior importância quando comparada a preocupação de contrair uma DST.

Palavras Chave ( separado por ; )

Anticoncepcional; contraceptivos; preservativos; comdom; controle de natalidade; DST’s

Área

Disfunção Sexual

Instituições

Santa Casa de Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil

Autores

Rogério Saint Clair Pimentel Mafra, Giulia Cazzoletti, Luiza Rocha Pinto, Paula Fulgêncio Tanure, Natália Rodrigues Abreu Vieira, Ricardo Antônio Pádua Gandra, Gabriel Henrique Oliveira Andrade