Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ESTUDO PROSPECTIVO E RANDOMIZADO COMPARANDO EFICACIA E SEGURANÇA DO SLING TRANSOBTURATORIO COM TELA MANUFATURADA E TELA COMERCIAL

Resumo

Introdução: A incontinência urinária é um problema frequente entre as mulheres após a quarta década de vida, com uma prevalência estimada de 25% neste subgrupo de mulheres no Brasil e a Incontinência Urinária de Esforço (IUE) representa dois terços dos casos, com dados semelhantes em todo o mundo. Os Slings são o melhor tratamento para essa patologia .O alto custo das telas comerciais para o tratamento da IUE dificulta o acesso à população nos serviços públicos de saúde. Nesse cenário, os Slings manufaturados de telas de polipropileno têm se mostrado opções mais baratas e acessíveis. Objetivo: Comparar a eficácia e a segurança do tratamento cirúrgico com Sling Transobturatório (TO) utilizando a tela manufaturada ou a comercial (Unitape T Plus® – Promedon - Argentina) para correção da IUE. Método: Estudo prospectivo e randomizado incluindo mulheres atendidas no ambulatório da instituição entre 2012 e 2014 com indicação cirúrgica para tratamento de IUE (Incontinência urinária de esforço) com técnica do Sling TO. As pacientes responderam a um questionário no pré-operatório, realizaram estudo urodinâmico e foram submetidas de forma randomizada ao procedimento cirúrgico com tela manufaturada ou comercial. Foram acompanhadas por um período médio de 60 meses, responderam novamente ao questionário e realizaram fluxometria livre no pós-operatório. Analisou-se o sucesso cirúrgico de forma objetiva através do teste de esforço negativo e fluxometria > 200ml. Para a avaliação subjetiva, utilizou-se o parâmetro de Impressão Global de Melhora do Paciente (PGI-I) e Escala Visual Analógica (EVA). O presente estudo está cadastrado no Registro Brasileiro de Ensaios Clínicos e foi aprovado pelo comitê de ética da instituição. Resultados: O estudo incluiu 87 pacientes, sendo 46 no grupo de tela manufaturada e 41 no grupo de tela comercial (Unitape T Plus® – Promedon - Argentina). Grupo 1 (n=46) e Grupo 2 (n=41) tiveram uma média de idade de 59,67 anos versus 61,59 anos (p=0,348). O seguimento médio foi de 59,22 versus 60,97 meses (p=0,624). As taxas de sucesso objetivo foram de 91,3% vs 92,7% (p=1,0) e as de sucesso subjetivo 82,6% e 85,3% (p=0,777). As taxas de complicações intraoperatórias foram de 2,17% vs 2,43% (p=1,0). As taxas de complicações pós operatórias foram de 10,9% vs 14,6% (p=0,793), com necessidade de reoperação em 4,4% vs 4,9% (p=1,0). Conclusão: O uso da tela manufaturada se mostrou tão seguro e eficaz quanto à tela comercial e com um custo seis vezes menor.

Palavras Chave ( separado por ; )

Incontinência Urinária; Cirurgia; Sling; Randomizado;

Área

Urologia Feminina

Instituições

Hospital Municipal e Maternidade Escola Dr. Mário de Moraes Altenfelder Silva – Maternidade Escola Vila Nova Cachoeirinha - Sao Paulo - Brasil

Autores

Marcio Grynszpan, Daniel Grynszpan, Rafael Ribeiro Zanotti, André Costa Matos, Susane Hwang, Raquel Doria Ramos Richetti, Simone Pereira Vidotti, Luís Gustavo Morato Toledo