Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

INCONTINENCIA URINARIA APOS HISTERECTOMIA SUBTOTAL E TOTAL: REVISAO SISTEMATICA

Resumo

Objetivo: Avaliar qual a melhor conduta cirúrgica na incontinência urinária feminina.

Métodos: Revisão sistemática conduzida no MEDLINE, COCHRANE, EMBASE e LILACS até 1o de setembro de 2017. Os artigos foram escolhidos de acordo com o tipo de estudo e de intervenção, e seus resultados. Os artigos foram selecionados por mais de um pesquisador, com base no título, no resumo e no texto completo. O checklist SIGN foi usado para avaliar vieses.

Resultados: No MEDLINE, COCHRANE, EMBASE e LILACS foram recuperados 165 artigos. Foram escolhidos 25 estudos para leitura do texto completo, e somente 11 foram escolhidos para análise do texto final. Não foi realizada metanálise dos resultados devido à heterogeneidade dos questionários usados em cada estudo.

Conclusão: Encontrou-se evidência que suporta a hipótese de que as histerectomias total e subtotal causam impactos diferentes na função urinária de pacientes com doença uterina benigna. Os artigos mostraram maior frequência de incontinência urinária após histerectomia subtotal quando comparada à total.

Palavras Chave ( separado por ; )

Histerectomia; Doenças uterinas; Incontinência urinária

Área

Uroneurologia / Disfunção Miccionais / Urodinâmica

Instituições

Universidade de Santo Amaro - Sao Paulo - Brasil

Autores

Priscila Scalabrin Longo, Laura Virilo Borbily, Felipe Placco Araujo Glina