Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

PREVALENCIA DO DIAGNOSTICO DE ADENOCARCINOMA EM PACIENTES COM HIPERPLASIA BENIGNA DE PROSTATA SUBMETIDOS A RESSECÇAO TRANSURETRAL E PROSTATECTOMIA TRANSVESICAL

Resumo

Introdução – O câncer de próstata pode surgir concomitantemente à hiperplasia prostática benigna (HPB) e são comumente encontrados acidentalmente em amostras de ressecção transuretral da próstata (RTU) ou prostatectomia transvesical (PTV)1. A incidência clínica de surgimento de câncer em pacientes tratados de HPB cirurgicamente é de aproximadamente em 3%2. Método – análise de 181 pacientes que realizaram RTU ou PTV para tratamento da HPB. A análise das características dos pacientes foram: idade; PSA pré operatório; exame dígito retal (EDR); tamanho e diagnóstico dos fragmentos coletados pelo procedimento cirúrgico que foram analisadas pelo mesmo grupo de patologistas em coloração H&E. Resultados – evidenciamos que 124 (68.50%) pacientes fizeram RTU e 57 (31.50%) pacientes fizeram PTV. A idade dos pacientes variaram entre 47 até 88 anos, média de 69,94 anos e desvio-padrão de 8,25 anos. O PSA pré-operatório dos 141 pacientes analisados obtiveram média de 5,56 ng/ml. O EDR dos 103 pacientes analisados evidenciou um peso da próstata com variação entre 20 até 100 gramas e com média de 61,84 gramas de média. Ao analisarmos os 165 pacientes com tamanho das medidas dos fragmentos, evidenciamos que os fragmentos variaram de 0,5 até 11,5 mm, média de 5,87 mm e desvio-padrão de 1,82 mm. Os 124 pacientes que fizeram RTU apresentaram: 121 (66.85%) HPB; 1 (0.55%) HPB e ADn (Adenocarcinoma); 1 (0.55%) HPB e ASAp (proliferação de ácinos); 1 (0.55%) HPB e NIp (Neoplasia intraepitelial). Os 57 pacientes que fizeram PTV apresentaram: 54 (29.83%) HPB; 1 (0.55%) HPB e ADn; 0 (0.00%) HPB e ASAp; 2 (1.10%) HPB e NIp. A correlação entre o procedimento cirúrgico e o tipo histológico não apresentou significância (p=0.76). Conclusão – Os dados evidenciaram que 2 (1.10%) pacientes apresentaram incidência de adenocarcinoma associado com HPB cirurgicamente tratado por RTU e PTV. Este valor é inferior aos dados da literatura mundial, mas evidencia a concomitância do HPB e adenocarcinoma.

Palavras Chave ( separado por ; )

Hiperplasia prostática benigna; Adenocarcinoma; ressecção transuretral; prostatectomia transvesical

Área

Hiperplasia Prostática Benigna

Instituições

UniCEUB - Distrito Federal - Brasil

Autores

Vinícius Carvalhêdo Cunha, Luiz Carlos de Araújo Souza, Hugo Oliveira de Figueiredo Cavalcanti, Sandra Lúcia Branco Mendes Coutinho, João Ricardo Alves, Grimar de Oliviera Paula