Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

PERCEPÇAO DOS ESTUDANTES DE MEDICINA DE UMA FACULDADE DE JUAZEIRO DO NORTE A RESPEITO DOS TEMAS DE UROLOGIA ABORDADOS DURANTE A GRADUAÇAO

Resumo

Objetivo: Analisar a percepção dos estudantes de Medicina de uma faculdade de Juazeiro do Norte a respeito do ensino de temas relacionados a Urologia durante a graduação médica. Metodologia: Estudo transversal. Foi utilizado um questionário Online feito pela plataforma Google Docs com estudantes da Faculdade de Medicina do Juazeiro do Norte do 1 ao 10 semestre. Resultados: 65% (28) dos participantes são do sexo masculino e 35% (15) participantes são do sexo feminino. A maior parte deles estão na faixa etária entre 20-25 anos correspondendo a 65% do total. 40%, correspondendo a maior parte dos entrevistados, são de 2º semestre, seguido de 19% dos entrevistados de 6º semestre. 98% tinham conhecimento de que a Urologia é uma especialidade médica. 12% consideram o conteúdo extremamente importante e 30% consideram muito importante. A maior parte dos entrevistados (63%) consideraram o conteúdo abordado na graduação como suficiente. 40% se consideraram nem um pouco capazes de aplicar esse conteúdo em atividades práticas. A maior parte dos alunos 60% não teve aulas práticas desse conteúdo. Dentre os temas mais estudados estão, anatomia urogenital com e exames complementares em urologia 11,63%, fisiologia urológica com 4% e semiologia urogenital com 4%. A maior parte dos entrevistados não cogitou seguir essa especialidade correspondendo a 77%. Conclusões: Podemos perceber, com o que foi exposto, que quase a totalidade dos alunos tinham conhecimento que Urologia é uma especialidade médica, além de um número alto de alunos considerarem seu conteúdo importante para a prática médica. Infelizmente, uma parcela significativa dos alunos não considera o conteúdo abordado suficiente e muitos não se consideram capazes de aplicá-lo na prática, o que demonstra uma carência no ensino a respeito dessa área. Entretanto, devido à pequena quantidade de participantes de semestres mais avançados, pode ser que os dados a respeitos de se sentirem capazes possam ser diferente na população real de alunos. Diante disso, faz-se necessário demais estudos ao redor do Brasil, com o fito de avaliar tanto a percepção, como o conhecimento dos estudantes a respeito da Urologia.

Palavras Chave ( separado por ; )

Ensino Médico; Urologia;

Área

Ciência Básica

Instituições

Universidade de Fortaleza - Ceara - Brasil

Autores

Edilson Lopes de Oliveira Junior, Armando Nicodemos Lucena Felinto, Ana Paula Rocha Brito