Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

RESULTADOS INICIAIS DA UTILIZAÇAO DO LASER DE THULIUM EM SUA FUNÇAO PULSATIL PARA FRAGMENTAÇAO DE CALCULOS VESICAIS INCIDENTAIS DURANTE A ENUCLEAÇAO PROSTATICA COM LASER DE THULIUM (THULEP)

Resumo

Introdução: As cirurgias minimamente invasivas em especial as tecnologias com laser vem sendo descritas e utilizadas desde o inicio dos anos 90. Nesse sentido, o ThuLEP(enucleação endoscópica da próstata com laser de Thulium) vem se consolidando nos últimos 10 anos como a técnica padrão-ouro no tratamento cirúrgico da hiperplasia prostática benigna, com recomendação nos guidelines como procedimento endoscópico minimamente invasivo de escolha independente do volume prostático.
Os achados incidentais de cálculos vesicais, não detectados na avaliação pré-operatória na atualidade podem ser resolvidos com o laser de Thulium, que apesar de ser um laser de onda contínua, apresenta em suas novas versões de equipamentos a possibilidade de modos pulsáteis e assim também fragmentar cálculos vesicais.
Objetivo: Apresentar a experiência inicial da utilização do laser de Thulium em sua função pulsátil para fragmentação de cálculos vesicais incidentais durante a enucleação prostática com laser de Thulium (ThuLEP).
Materiais e Métodos: Em janeiro de 2018 um paciente de 76 anos com próstata de 92g avaliado com ultrassom transabdominal com IPSS de 21, Qmax de 8,1 ml/s e PSA total de 4,3ng/ml foi submetido ao ThuLEP. Na cistoscopia inicial, observamos a presença de calculo único vesical não descrito no ultrassom pre-operatório e com cerca de 2,5 com de diâmetro. O procedimento cirúrgico seria realizado com o laser de Thulium em sua função contínua, entretanto o equipamento disponível (Cyber ™ Quanta System 200W) apresentava função pulsátil e procedemos a fragmentação do cálculo com ajuste dos parâmetros. Foi utilizada a potência final de 84 W com fibra de 800 micrômetros sob ressectoscópico de fluxo continuo 22Fr com elemento de trabalho laser.
Resultados: A fragmentação transcorreu sem dificuldades com a característica do laser de Thulium, promover somente o efeito de fragmentação, sem possibilidade de realizar dusting como o laser de Holmium promove. O tempo total de fragmentação foi de cerca de 9 minutos. Os fragmentos foram esvaziados através da camisa do ressectoscópico sem intercorrências e sem necessidade de utilização de evacuadores.
Conclusão: A utilização do laser de Thulium em sua função pulsátil para fragmentação de cálculos vesicais incidentais durante a enucleação prostática com laser de Thulium (ThuLEP) apresenta-se factível com baixo índices de complicações.

Palavras Chave ( separado por ; )

thulep; laser; hpb

Área

Hiperplasia Prostática Benigna

Instituições

HPM - Rio de Janeiro - Brasil, UERJ - Rio de Janeiro - Brasil

Autores

PEDRO GABRICH, RODRIGO LOUREIRO DE MARINS