Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

MASSAS ADRENAIS: COMPARAÇAO ENTRE RESULTADOS DE EXAMES DE IMAGEM E LAUDO ANATOMOPATOLOGICOS EM PACIENTES SUBMETIDOS A ADRENALECTOMIA

Resumo

Introdução: Foram analisados dados referentes a 14 adrenalectomias realizadas no período entre 2013 e 2019. No trabalho buscou-se comparar os laudos das tomografias computadorizadas (TC) ou ressonância magnética (RM) de abome pré-operatórias e os laudos anatomopatológicos (AP) das peças enviadas, avaliando a compatibilidade dos exames de imagem com as condições ali presentes que indicaram as cirurgias. As indicações cirúrgicas incluem neoplasias (malignas e benignas) e hiperplasia adrenal.

Objetivos: comparar os achados de TC e RM pré-operatórias e laudos anatomopatológicos de pacientes submetidos a adrenelactomia.

Métodos: Estudo retrospectivo através da revisão de 14 prontuários de pacientes de hospital regional.

Resultados: Dois pacientes foram avaliados através de RM, que evidenciaram nódulos sugestivos de adenoma; ambos os laudos AP confirmaram o diagnóstico pré-operatório. Quatro pacientes foram submetidos a TC, que encontraram massas condizentes com adenoma; três laudos AP desses pacientes confirmaram a hipótese diagnóstica inicial, ao passo que para um paciente o AP foi evidenciou hiperplasia adrenal. Em dois casos foram encontradas massas em adrenais não sugestivas de adenoma e o AP delas revelaram feocromocitoma. Massa em adrenal sem mais especificações foi o resultado da TC de um paciente e seu o AP veio neoplasia de células claras. Em outra TC foi relatado incapacidade de avaliação da adrenal, entretanto evidenciou-se massa expansiva ipsilateral e o AP revelou carcinoma adrenocortical de padrão oncocítico. A TC de dois pacientes evidenciou hiperplasia adrenal bilateral e o AP foi condizente. Um paciente foi sumetido a adrenalectomia bilateral com TC sem achados característicos, assim como ocorreu no seu AP. Por fim, houve um caso em que a TC não apresentou achados relacionados à adrenal e o AP evidenciou hiperplasia.

Conclusões: Os exames de imagens configuram-se como importantes ferramentas complementares ao raciocínio clínico e auxiliam a definir condutas referentes à patologias adrenais, em especial quando se tratam de neoplasias (tanto malignas como benignas).

Palavras Chave ( separado por ; )

MASSAS ADRENAIS, ADRENAL, ADRENALECTOMIA

Área

Uro-oncologia

Instituições

HOSPITAL DE CLINICAS HC-UFPR - Parana - Brasil

Autores

DANIEL ELIAS CARARA, ALEXANDRE CAVALHEIRO CAVALLI, LUCAS Rolim VALONI, JOAO GABRIEL SILVA LEMES, LYDIO BARBIER NETO, RAPHAEL FLAVIO FACHINI CIPRIANI, JOAQUIM LORENZETTI ANDRADE, IVAM VARGAS MARTINS SILVA, LUCIANO RICARDO SFREDO