Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ENUCLEAÇAO ENDOSCOPICA DA PROSTATA COM LASER DE HOLMIUM(HOLEP) COM TECNICA EN BLOC EM PROSTATAS ACIMA DE 200G

Resumo

Introdução: As cirurgias minimamente invasivas em especial as tecnologias com laser vem sendo descritas e utilizadas desde o inicio dos anos 90. O HoLEP se consolidou como a técnica padrão-ouro no tratamento cirúrgico da hiperplasia prostática benigna, sendo procedimento endoscópico minimamente invasivo de escolha independente do volume prostático.
Objetivo: Descrever nossa experiência na realização do HoLEP em pacientes com próstatas acima de 200g.
Materiais e Métodos: Entre Dezembro de 2016 a fevereiro de 2019, 23 pacientes com próstatas acima de 200g foram submetidos ao HoLEP em nossas instituições referenciadas. Todos os pacientes foram operados com técnica en bloc por um único cirurgião (RLM). Os pacientes foram avaliados previamente com IPSS, fluxo máximo, psa total, resíduo pós miccional(RPM) e complicações. O volume prostático foi aferido através de ressonância nuclear magnética(RNM).
Resultados: A média de idade dos pacientes foi de 71,2 anos. Os parâmetros avaliados caracterizaram-se por volume médio aferido na RNM de 236g, IPSS 19,4, Qmax 7,2 ml/s, RPM de 182 ml e PSA total de 16,8 ng/ml.
Cerca de 12 pacientes (52%) apresentavam-se com cateter vesical no momento da cirurgia. Quatro pacientes (17%) apresentavam litíase vesical.
Os tempos de enucleação e morcelação foram de 153,5 min (variando entre 76 - 233 min) e 74,2 min (variando entre 33 e 118 min). Média da enucleação foi de 2,6g/min e eficiência da morcelação de 6,8 g min. Média do peso morcelado foi de 234,6g (variando entre 126 e 382 g). Em 15 pacientes (65%) houve a necessidade da utilização de ressectoscópio XL. Um paciente (4,3%) precisou de retornar ao centro cirúrgico no mesmo dia para evacuação de coágulos, sem sangramento ativo. Quatro pacientes (17%) retornaram ao centro cirúrgico em 48h de pós-operatorio para morcelação completa.
Não houve necessidade de transfusão sangüínea nesses casos.
O tempo médio de cateterismo foi de 25 horas ( 18 - 96 horas). Todos os pacientes receberam alta sem uso de cateter vesical.. A média do IPSS aos 3 meses foi de 4,6, com volume pós- miccional de 38ml e PSA total de 1,6ng/ml.
Conclusão: O HoLEP pode ser realizado com segurança em pacientes com próstatas acima de 200g. Quando realizado por cirurgiões experientes, o HoLEP em próstatas muito grandes permite desfechos equivalentes ou superiores a prostatectomia aberta.

Palavras Chave ( separado por ; )

holep;hpb;laser

Área

Hiperplasia Prostática Benigna

Instituições

HPM - Rio de Janeiro - Brasil, UERJ - Rio de Janeiro - Brasil

Autores

PEDRO GABRICH, RODRIGO LOUREIRO DE MARINS