Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ANALISE DA IDADE NA PREVALENCIA DO CANCER DE PROSTATA EM UMA CLINICA PARTICULAR DE FORTALEZA, CEARA

Resumo

Introdução: O Adenocarcinoma é uma neoplasia maligna que ocorre mais comumente na próstata, uma glândula masculina localizada na porção inferior do abdômen, mais especificamente abaixo da bexiga e à frente do reto, envolvendo a porção inicial da uretra. No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Ele é considerado uma patologia da terceira idade pela sociedade de uma maneira geral, uma vez que cerca de 75% dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. Entretanto, a perspectiva de que tal câncer se desenvolva somente nessa faixa etária é equivocada, tendo em vista que ele pode acometer indivíduos mais novos também, não sendo a idade um fator de exclusão para o acometimento da doença.
Objetivo: Avaliar a variação de idade em pacientes que, a partir de biópsias, foram diagnosticados com adenocarcinoma de próstata e observar a faixa etária prevalente.
Métodos: Foi colhida uma amostra de 146 biópsias e feita uma análise quantitativa das idades dos pacientes com câncer de próstata de variadas faixas etárias. As biópsias foram realizadas no intervalo de dezembro de 2013 e fevereiro de 2019 por um médico urologista e laudadas por apenas um patologista, no laboratório Biopse, em Fortaleza, CE.
Resultados: A amostra analisada foi de 146 biópsias laudadas como adenocarcinoma prostático. As idades variaram de 18 a 91 anos, sendo calculada uma faixa etária média de 70 anos. As idades mais prevalentes foram equivalentes nos intervalos de 61 a 65 anos e de 71 a 75 anos, com uma quantidade de 30 biópsias em cada. Tal achado é compatível com a literatura pesquisada, a qual aponta uma probabilidade de ocorrência de 1 para 8 em indivíduos de 60 a 79 anos. É necessário salientar que a amostra apresentou 1 indivíduo de 18 anos de idade, corroborando com o estudo da influência de fatores genéticos, como a presença do gene de fusão TMPRSS2-ETS, o qual está presente em aproximadamente 40 a 50 % dos cânceres de próstata, bem como de fatores ambientais na etiologia do adenocarcinoma prostático.
Conclusão: É necessário ressaltar os números expressivos de adenocarcinoma de próstata nas idades acima de 60 anos, todavia deve-se considerar a probabilidade, ainda que diminuta, de cânceres em outras faixas etárias.

Palavras Chave ( separado por ; )

Neoplasias da próstata; Próstata; Faixa etária.

Área

Uro-oncologia

Instituições

Universidade de Fortaleza - Ceara - Brasil, Universidade Federal do Ceará - Ceara - Brasil

Autores

Ana Letícia Farias Barroso, Edgar Moreira Sousa Neto, Livia Barros Taumaturgo, Luís Eduardo Porto de Assis, Marcus Vinícius Santiago Barreto Santos, Tales Melo Nogueira de Araújo, Régia Maria do Socorro Vidal do Patrocínio, Galeno Taumaturgo Lopes