Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

PODE A MISCELANEA DE TECNICAS BENEFICIAR OS RESULTADOS FUNCIONAIS DO PACIENTE SUBMETIDO A PROSTATECTOMIA ROBOTICA ?

Resumo

Introdução. As plataformas robóticas além de revolucionarem a técnica operatória e os resultados funcionais, trouxeram novidades marcantes no treinamento do cirurgião. A disponibilidade de fellowships na Europa e EUA, os websites de vídeos e cirurgia ao vivo, tem contribuído para o desenvolvimento técnico e difusão do conhecimento. Isto permite que cirurgiões ao redor do mundo tenham capacidade de individualizar o tratamento de cada paciente.
Objetivo deste vídeo é mostrar um caso em que se lançou mão de técnicas diferentes na mesma cirurgia para beneficio do paciente. Tecnica de Bordeaux - preservação anterior a esquerda e complexo da veia dorsal do penis); Tecnica de Leipzig - preservação do ligamento puboprostatico a esquerda); Collar technique (Aalst-BE) - liberação da uretra; Técnica convencional a direita. Nerve-sparing intrafascial a esquerda.
Paciente:
57a, prostata 25g, PSA 8, biopsia gleason 7 (4+3), 9/9 fragmentos a direita, RNM com doença extra-capsular a direita. Sem doença a esquerda. Jovem. Preocupado com os resultados funcionais.
Resultados: Docking robótico, realizado acesso anterior, dissecção da bexiga, abertura da transição vesico-prostatica com preservação de todo arcabouço anterior, fascia endopélvica e complexo da veia dorsal do pênis, sem ligaduras vasculares. Disseção das vesículas seminais, deferentes e fascia prostática posterior, nerve-sparing intrafascial a esquerda, dissecção anterior da próstata até o ápice sem afetar as estruturas anteriores, nem violar o espaço de retzius. Reduzida a uretra em direção ao ápice antes da secção. Abertura da fascia endopelvica direita, ressecção lateral direita da prostata sem preservação dos nervos. Reconstrução posterior. Anastomose vesico-uretral tradicional.
Tempo de cirurgia medio 150 minutos, Alta 40h. Sangramento 100 ml.
Retirada da sonda: 6PO
Continência 7º PO.
Potencia sexual recuperada a partir do 24º PO.
PSA indetectável. Margens livres.
Conclusão: A divulgação de técnicas na plataforma robótica, pode permitir ao cirurgião ampliar seu horizontes tecnicos e oferecer para os pacientes um planejamento e tratamento indivídualizado baseado nas habilidades aprendidas com os grandes experts nacionais e internacionais. Tornam a medicina mais democrática. E podem melhorar os resultados funcionais dos pacientes.

Palavras Chave ( separado por ; )

uro-oncologia; cancer de prostata; robótica;

Área

Uro-oncologia

Instituições

Hospital Sirio-Libanes - Sao Paulo - Brasil

Autores

Matheus Miranda Paiva, Gustavo Barboza Corguinha, Mateus K B Soares, Marcos Francisco Dall'Oglio