Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

DADOS EPIDEMIOLOGICOS E CORRELAÇAO ENTRE INDICAÇAO VERSUS RESULTADO DO ESTUDO URODINAMICO

Resumo

Objetivo - Avaliar taxa de concordância da indicação com o resultado do estudo urodinâmico. Descrição dos dados epidemiológico dos pacientes submetidos ao exame e comparação com a indicação.
Metodos
Estudo retrospectivo transversal, de 127 pacientes, atendidos no Ambulatório de Urologia do HEMC, Santo Andre - SP, de jun/2018 a abr/2019. Responderam a um questionário específico do serviço. Dividido em 3 grupos: disfunção miccional feminina não neurológica, disfunção miccional masculina não neurológica e, disfunção miccional neurológica. Critérios de exclusão, não aceitar preencher o questionário. Dados antropométricos, cirurgias pélvicas prévias, tratamento radioterápico prévio, atividade sexual; antecedentes obstétricos: n de gestações (vaginal, cesariana, aborto); Sintomas clínicos: urgência; urge-incontinência e noctúria(≥ 2).
Resultado
Total de 119 pacientes, divido em 3 grupos. Grupo feminino, 92 pacientes, idade média 58,13 anos. As indicações para o estudo urodinâmico foram: IUE (26.09%), IUU (15.22%) e IUM (58.70%). Na analise entre os dados antropométricos e indicação do exame comparados entre si, não houve significância em todos as variáveis. Na variável clínica, a nocturia foi concordante com todas as indicações (p<0,001). O resultado foi concordante em 41,6% para IUE, 21,4 % - IUU e 7,3% - IUM. Verificado maior prevalência de “não diagnostico” para todas indicações, em contrapartida ao analisar os desfechos positivos, observa-se que a maior proporção de exame positivo foi para IUE (p<0,001; kappa 0,0003).
Grupo masculino, total de 18 pacientes, idade média 56.72. As indicações do estudo urodinâmico, foram: OIV (50%), IUU (39%), IUM (5,5%) e IUE (5,5%). O exame foi com concordante em 57% das indicações para IUU e 33% para OIV ( p=0,4 e P=0,06, respectivamente).
Grupo neurológico, total de 9 pacientes, idade média 50,6 anos. Agrupados em bexiga neurogênico( BN) (66%), IUU (66%), IUM (11,1%). Concordante em 100% das indicações para BN e 100% para IUU ( p < 0,0001%). Para todos os exames realizados apenas 32 (26,8%) foram concordantes com a indicação (p=0,1).
Conclusão
Os dados avaliados mostram discordância importante entre o diagnóstico clínico e o resultado urodinâmico final, em diferentes grupos de pacientes, independentemente da queixa base, do gênero ou da sua indicação. Dessa forma, sobretudo quando os achados urodinâmicos forem fundamentais na tomada final de decisão terapêutica, essa possibilidade tem que ser sempre levada em consideração.

Palavras Chave ( separado por ; )

epidemiologia; estudo urodinâmico; incontinência urinária.

Área

Uroneurologia / Disfunção Miccionais / Urodinâmica

Instituições

Faculdade de Medicina do ABC - Sao Paulo - Brasil

Autores

Antonio Flavio Rodrigues, Rafaela Lima Santos, Artur Farias, Carolina Bistaco Moreira , Yasser Dalle, Andre Luiz Farinha Tome , Maria Claudia Bicudo Furst, Caio Cesar Cintra