Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

BAIXOS NIVEIS DE VITAMINA D ESTAO ASSOCIADOS A DEFICIENCIA DE TESTOSTERONA EM UMA COORTE DE HOMENS DE MEIA-IDADE

Resumo

Introdução: Estudos sugerem uma complexa interação entre o metabolismo da vitamina D (VD) e da testosterona (T), e um possível papel da VD no perfil metabólico dos homens com hipogonadismo. Outros autores demosntraram que a terapia de reposição da VD pode aumentar os níveis de T em homens obesos.H omens com uma deficiência combinada de VD e testosterona (DT) estão sob alto risco de mortalidade por todas as causas, sugerindo que uma deficiência paralela seja um poderoso marcador de problemas de saúde. Objetivo: Investigar a associação de VD e T em uma coorte de homens de meia-idade. Além disso, também procuramos determinar os preditores de tais deficiências. Método: Foram avaliados de 2421 homens com idade entre 40 e 75 anos que foram avaliados em um programa de rastreamento de câncer de próstata em um ambulatório de urologia de 2014 a 2018. DT foi definido como um nível T matinal <300ng/dl LC/MS. Os níveis séricos de VD foram considerados anormais se <30ng/ml. A síndrome metabólica (SM) foi considerada presente quando 3 ou mais fatores (presença de hipertensão, circunferência da cintura (CC), níveis elevados de glicose no sangue, HDL baixo e triglicerídeos elevados) estavam presentes. A demografia dos pacientes e o perfil de comorbidade também foram analisados. Um modelo de análise multivariado foi realizado e incluiu as seguintes variáveis: idade, presença de diabetes, presença de hipertensão, CC> 102 cm, vitamina D <30 ng/dl. Resultados: A média de idade foi de 56,8 + 8,6 anos. A prevalência de deficiência de VD foi de 32,7% [IC 95% 30-35,1%] e a de DT foi de 22,0% [IC95% 20-24,1]. Os níveis totais de T correlacionaram-se positivamente com a VD sérica (r = 0,098, p <0,001). Na análise univariada, a deficiência de VD (OR 1,8 [IC 95% 1,40-2,3], p <0,0001) e a presença de SM (OR = 4,1 [IC95% 3,1-5,3], <0,0001) foram associadas à DT. O aumento da idade não foi associado ao DT. Na análise multivariada, ambos os fatores permaneceram como preditores de DT (DV = OR 1,6 [IC95% 1,2-2,1]; SM de 3,9 [IC95% 3,0-5,1], p <0,0001). Conclusão: Houve uma associação significativa entre baixos níveis de VD e TD. Pacientes com deficiência de VD, principalmente naqueles com Síndrome Metabólica, têm risco aumentado de apresentar DT. Idade não está associada a Deficiência de Testosterona em nosso meio.

Palavras Chave ( separado por ; )

deficiência de testosterona; vitamina D; homens; síndrome metabólica

Área

Transplante Renal / Miscelânea

Instituições

Universidade Estadual de Feira de Santana - Bahia - Brasil

Autores

Blenda Maria dos Santos Erdes, Monique Tonani Novaes, Caroline Santos Silva, Anna Paloma Martins Rocha Ribeiro, Mônica Cardoso Amaral, Lucas Borba, Ricardo Brianezi Tiraboschi, Victor Paschoalin, Eduardo P Miranda, José Bessa Jr