Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

NEFROLITOTRIPSIA FLEXIVEL COMBINADA COM MINI-PERCUTANEA: UMA BOA OPÇAO PARA DEIXAR O PACIENTE “STONE FREE”?

Resumo

Introdução: A nefrolitotripsia percutânea (NLP) é um dos principais métodos de tratamento da litíase renal, especialmente nos cálculos com mais de 2cm de diâmetro. Embora a fragmentação completa do cálculo seja o objetivo, isso por vezes não é possível, havendo necessidade de procedimentos adicionais. Juntamente com os avanços tecnológicos, o uso de ureteroscópio flexível combinado com o laser aumentou no tratamento de cálculos intra-renais. Uma nova técnica chamada cirurgia endoscópica intrarrenal combinada (ECIRS), é uma opção prática para o tratamento de cálculos renais complexos. O método combina simultaneamente ureterolitotripsia flexível e nefrolitotripsia percutânea (ECIRS) para explorar cavidades renais. A principal vantagem do uso simultâneo da terapia anterógrada e retrógrada para cálculos renais complexos é alcançar as melhores taxas livres de pedras (stone free). Nos últimos anos, houve um grande desenvolvimento dos equipamentos minimante invasivos para cirurgia percutânea, principalmente devido à diminuição do sangramento durante o acesso percutâneo como a mini-ECIRS. O presente estudo sugere o uso do tratamento cirúrgico com mini-percutânea associado à nefrolitotripsia flexível com laser como alternativa na eliminação dos cálculos intra-renais, demonstrando o alto índice de sucesso da técnica e baixas taxas de complicações
Objetivos: O presente estudo tem como objetivo destacar o uso da mini-ECIRS como método minimamente invasivo no tratamento de cálculos renais maiores que 2cm, com baixo índice de complicações e sucesso para atingir melhores taxas de stone free.
Métodos: Foram avaliados 112 casos tratados de maneira combinada após 3 meses da cirurgia, nos anos de 2012 a 2015, através de tomografia computadorizada. Utilizado como parâmetro de stone free, fragmentos menores que 2mm ou ausência de cálculos.
Resultados: Dos pacientes tratados com cirurgia combinada, 96% apresentaram-se como stone free após 3 meses do tratamento.
Conclusões: Considerando que nos melhores serviços de nefrolitotripsia percutânea observa-se taxas de stone free de 78%, em média, o presente estudo sugere a cirurgia renal combinada (ECIRS) para aumentar a taxa de stone free.

Palavras Chave ( separado por ; )

Nefrolitíase; litotripsia; lasers; terapia combinada.

Área

Litíase / Endourologia

Instituições

HOSPITAL SÃO PAULO - Sao Paulo - Brasil

Autores

HAYLTON JORGE SUAID, FELIPE BARUFALDI, MARCELO DENILSON BAPTISTUSSI, FABIANO PARIGI, GABRIEL SALIM CASSEB, MATHEUS SOARES VITAL, JOÃO ANTÔNIO VANNUCCI PALUAN, MINORU MORIHISA, MURILO FERREIRA ANDRADE, LUIZ MÁRIO GENTIL NETO