Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

LINFADENECTOMIA DE RESGATE VIA ROBOTICA NO CANCER DE PROSTATA

Resumo

Objetivo
Demonstrar a linfadenectomia de resgate após recidiva linfonodal por câncer de próstata, assim como seu diagnostico, manejo perioperatório e desfecho clinico.
Resultado
Caso clinico, paciente JEF, 66 anos, masculino. Paciente com adenocarcinoma de próstata, Gleason 3+4, todos os fragmentos com comprometimento, até 100%, TR: cT2a, PSAi: 9.8. Cintilografia: Negativa para metástase. Submetido a Prostatectomia videolaparoscópica em Jan/2016. Anatomopatológico: pT2c margem cirúrgica circunferência com comprometimento a direita. Após a cirurgia no seguimento clínico apresentou aumento progressivo do PSA. PSA: 0.043 - 1º mês após cirurgia; PSA: 0.06 – jan/2017; PSA: 0.30 – set/2017. Avaliado pela Oncologia que que diagnosticou como recidiva bioquímica local 18 meses após PTR VLP, que iniciando radioterapia em set/2017, recebendo total 7000 CGY e 35 sessões de RDT, com término em janeiro de 2018. Apos radioterapia, PSA permaneceu baixo, porém novamente começou a aumentar em set/2018 PSA: 0.32; PSA: 0.44 – jan/2019. Submetido a PET-PMSA com hiperexpressão do PMSA em linfonodo ilíaco interno esquerdo, sem outros linfonodos positivo. Realizado marcação do linfonodo comprometido com mola metálica e carvão ativado, por radiologia intervencionista. Indicado abordagem de linfadenectomia de resgate via robótica. Procedimento realizado em Fev/2019: posicionamento dos trocateres de acesso semelhante ao da prostatectomia robótica. Linfadenectomia a direita, ressecando primeiramente os linfonodos ilíacos externo, prosseguido para o linfonodos obturatórios e por fim cadeia linfonodal hipogástrica. Após ter realizado o lado direito, iniciado a linfadenectomia a esquerda, seguindo os mesmos passos, primeiro ressecado cadeia linfonodal ilíaca externa, obturatória e por fim hipogástrica, local onde se encontrava o linfonodo comprometido. Identificado o mesmo, com a marcação com carvão ativado e mola metálica, ressecando-o e terminado a linfanectomia. Tempo cirúrgico: 210 minutos. Sangramento: 400 ml. Sem intercorrências. Dreno no 1º dia de pós operatório: 50 ml. Evolução: Sem alterações. Alta no 2º dia após cirurgia. Resultado do anatomopatológico: Adenocarcinoma de próstata em linfonodo marcado e mais outros 27 linfonodos negativos. Paciente no seguimento, sem queixas, PSA após 1 mês de 0,07.
Demonstrado a técnica de linfadenectomia de resgate robótica, com bom resultado cirúrgico e clínico.

Palavras Chave ( separado por ; )

Linfadenectomia; Robótica; Câncer de Próstata; Cirurgia Minimamente-Invasiva.

Área

Uro-oncologia

Instituições

Faculdade de Medicina do ABC - Sao Paulo - Brasil

Autores

Antonio Flavio Rodrigues , William Pertuz Enrique Pertuz, Rafaela Lima Santos , Oseas de Castro Neves Neto, Fernando Korkes, Sidney Glina