Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ADAPTAÇAO TRANSCULTURAL E VALIDAÇAO DE UM INTRUMENTO SIMPLIFICADO PARA AVALIAÇAO DE SINTOMAS DO TRATO URINARIO INFERIOR EM HOMENS

Resumo

Introdução: Os sintomas do trato urinário inferior (STUI) são queixas comuns entre homens adultos, afetam negativamente sua qualidade de vida e estão associados a distúrbios sexuais, e representam altos custos relacionados à saúde. O International Prostatism Symptom Score (IPSS) é a ferramenta consolidada para avaliar esses sintomas em homens em todo o mundo, mas indivíduos com baixo nível de alfabetização demonstram dificuldade em completá-lo com precisão. O questionário Urgency, Weak Stream, Incomplete Emptying And Nocturia (UWIN) foi desenvolvido como uma versão simplificada, para melhorar a precisão e minimizar os erros na avaliação dos STUI Objetivo: Realizar adaptação transcultural para o português brasileiro e validação do questionário UWIN para pacientes com STUI Método: A adaptação transcultural seguiu as etapas de equivalência conceitual, de item, semântica, operacional e pré-teste para obtenção da versão UWIN-Br. A amostra foi composta por 306 homens adultos atendidos em uma clínica especializada em urologia, localizada na região metropolitana de Feira de Santana, Bahia, Brasil. O IPSS (padrão ouro) e o UWIN-Br foram administrados, e informações referentes ao exame de urofluxometria foram registradas. As variáveis quantitativas foram descritas por mediana e intervalo interquartil, e as variáveis qualitativas descritas por seus valores absolutos ou proporções. Para avaliar a validade de critério e de construto, utilizou-se o coeficiente de correlação de Spearman, gráfico de Bland-Altman Resultados: A idade mediana foi de 59[52-66] anos e anos estudados 11 [8-13,7]. Houve uma correlação positiva r=0,804 (p<0,0001) entre o escore total do IPSS e o escore total do UWIN-Br, bem como a questão da qualidade de vida r= 0,761 (p<0,0001). O gráfico de Bland-Altman mostrou boa concordância entre os dois instrumentos (viés= -6%). Os valores máximos de fluxo diminuíram com a gravidade do STUI. O UWIN-Br demonstrou excelente precisão diagnóstica na detecção dos casos mais graves. (Área sob a Curva ROC = 89% [81 - 97%] IC 95%). 91,5% indivíduos preencheram os questionários sem ajuda, enquanto 8,5% o fizeram por meio de entrevista. O tempo de resposta foi de 1,2 [1,0-1,5] min para UWIN-Br e 2,8 [2,2-3,4] min para IPSS (p<0,0001) Conclusão: O UWIN-Br apresenta propriedades psicométricas satisfatórias e semelhantes ao IPSS na avaliação de STUI e qualidade de vida, sendo adequado para uso na prática clínica e pesquisa em nosso país.

Palavras Chave ( separado por ; )

sintomas do trato urinário inferior; inquéritos e questionários; estudos de validação

Área

Hiperplasia Prostática Benigna

Instituições

Universidade Estadual de Feira de Santana - Bahia - Brasil

Autores

Caroline Santos Silva, Mateus Andrade Alvaia, Ueslei Menezes Araujo Pereira, Anna Paloma Martins Rocha Ribeiro, Monique Tonani Novaes, Matheus Souza de Moura, Kátia Santana Freitas, Cristiano Mendes Gomes, Zein Mohamed Sammour, José Bessa-Jr