Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Nefrectomia parcial laparoscópica para tumor renal complexo em paciente de 29 anos.

Resumo

Introdução:
Trata-se de homem, 29 anos, submetido à nefrectomia parcial laparoscópica por tumor renal de alta complexidade. Ainda nos dias atuais, a literatura questiona o papel e viabilidade da nefrectomia parcial em tumores complexos.
Metodologia:
Paciente encaminhado à serviço especializado com exame de imagem interrogando neoplasia renal. Realizado estadiamento com TC tórax, RNM abdome total e pré-operatório habitual.
Estadiamento evidência lesão renal expansiva, sólida, à esquerda medindo 7.1cm e R.E.N.A.L = 11ah. Submetido à nefrectomia parcial laparoscópica à esquerda.
Resultados:
Procedimento realizado sem intercorrências, com clampeamento seletivo, tempo de isquemia quente de 25 minutos, tempo operatório 120min, sem necessidade de hemotransfusão ou reintervenção. Tempo internação hospitalar de 2 dias. Anátomo-patológico:
Carcinoma de células renais tipo células claras, medindo 6,5 x 4,7cm, ISUP II, margens livres de neoplasia, presença de necrose, calcificação e hemorragia (pT1b pN0).
Conclusões:
Apesar de raros, os tumores de células renais podem-se manifestar em pacientes jovens de forma localmente agressiva.
A nefrectomia parcial laparoscópica deve fazer parte do arsenal terapêutico em tumores renais complexos, dada a expertise da equipe cirúrgica, mostrando resultado e perfil de segurança consonante à literatura mundial.

Palavras Chave ( separado por ; )

Nefrectomia parcial laparoscópica, câncer renal, paciente jovem, tumor alta complexidade.

Área

Uro-oncologia

Instituições

Hospital São Marcos - Piaui - Brasil

Autores

Vilson Moura Bezerra, Pablo Aloisio Lima Mattos, Aurus Dourado Menezes, Vitor de Moura Bezerra, Vinicius Feitosa Albuquerque, Celio Augusto Freitas Melo Junior, Maria Tereza Eulalio Portela Melo, Lucas Ricardo Coutinho Bilhar