Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

PROTOCOLO INSTITUCIONAL DE MANEJO DA BEXIGA NEUROGENICA NA CRIANÇA COM ESPINHA BIFIDA

Resumo

Introdução: Espinha bífida é o mais comum defeito do tubo neural, com prevalência de 70-100000 indivíduos nos EUA. Virtualmente todos estes pacientes possuem disfunção vesical. As consequências são deterioração do trato urinário superior (40% dos pacientes em algum grau), incontinência urinária e prejuízo na qualidade de vida. O tratamento da disfunção miccional nestes pacientes tem por objetivo reduzir estas complicações.


Objetivos: Desenvolver um protocolo institucional para tratamento da bexiga neurogênica no paciente com espinha bífida, diminuindo assim, as complicações a curto e longo prazo como insuficiência renal e perda da qualidade de vida.

Métodos: O Grupo de Urologia Reconstrutiva e Infantil (GURI) do Hospital de Clínicas de Porto Alegre - de caráter multidisciplinar - desenvolveu um protocolo institucional para manejo da bexiga neurogênica nos pacientes com espinha bífida em seus primeiros anos de vida. Via de regra, na nossa instituição, aplicávamos a forma proativa de atendimento a estes pacientes. Realizamos revisão das evidências disponíveis sobre o assunto, assim como protocolos internacionais preexistentes e criamos um algoritmo de manejo urológico dos pacientes com espinha bífida desde o seu nascimento e compatível com a realidade do sistema público brasileiro.

Resultados: Após a revisão, foi desenvolvido um algoritmo (imagem) para tratamento da bexiga neurogênica em pacientes com espinha bífida em nossa instituição. A assistência foi padronizada, com melhor manejo e acompanhamento destes pacientes.

Conclusões: Ainda não há evidências de boa qualidade que definam o melhor tratamento (proativo versus conservador) da disfunção miccional no paciente com espinha bífida. Criando-se um protocolo adequado à realidade do sistema público, esperamos padronizar o atendimento a estes pacientes com um melhor controle e prevenção das possíveis complicações da bexiga neurogênica.

Palavras Chave ( separado por ; )

Bexiga neurogênica; espinha bífida; protocolo;

Área

Urologia Pediátrica

Instituições

Hospital de Clínicas de Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil

Autores

Aline Gularte Teixeira da Silva, Antonio Rebello Horta Gorgen, Conrado Menegola, Patric Machado Tavares, Nelson Sivonei da Silva Batezini, Tiago Elias Rosito