Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

RASTREAMENTO DAS PRINCIPAIS DOENÇAS PROSTATICAS NO NUCLEO DE ATENÇAO MEDICA INTEGRADA EM FORTALEZA: RELATO DE EXPERIENCIA

Resumo

Introdução:Novembro Azul é uma campanha nacional sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do Câncer de Próstata. Assim, acadêmicos de Medicina, com ênfase na visão humanitária, participaram dessa Campanha, realizando uma prática clínica acessível à comunidade a fim de contribuir para a modificação do atual cenário em que a população masculina ainda possui bastante resistência em procurar os serviços de saúde.
Objetivos:Rastrear as principais doenças e alterações prostáticas através do toque retal e da anamnese direcionada na população masculina acima de 45 anos.
Metodologia:Esse relato foi redigido com base em um mutirão do exame do toque retal promovido pela Liga Acadêmica de Nefrologia e Urologia, realizado no Núcleo de Atenção Médico Integrada, na cidade de Fortaleza, Ceará, no dia 10 de novembro de 2018, para os homens que compareceram a ação por espontânea vontade. Primeiramente os pacientes passaram por uma triagem, na qual foram questionados sobre sintomas prostáticos e tiveram seu exame de PSA-realizado anteriormente ao dia do mutirão- avaliado; seguido pelo exame do toque retal.
Resultados:Em novembro de 2018, membros da Liga de Nefrologia e Urologia da Universidade de Fortaleza realizaram anamnese e exame físico voltados para o rastreio de doenças prostáticas. Os alunos foram previamente orientados e treinados por médicos urologistas quanto a entrevista e a postura durante o toque retal. Assim, pôde-se observar maior segurança dos acadêmicos durante a prática, essencial para a construção da relação médico-paciente. Foram realizadas 65 consultas, onde notou-se um maior receio dos pacientes em encontrar alterações no exame físico do que submissão ao toque retal.
Conclusão:Através da ação Novembro Azul realizada no Nami foi observado primeiramente a aderência dos pacientes para esse tipo de mutirão, demonstrando o reconhecimento da população acerca da importância do rastreio de doenças prostáticas. Além disso, a instituição docente é um local em que foi possível aliar o exame clínico com o exame laboratorial(PSA) para uma investigação mais completa. Assim, podendo levar a detecção precoce e o seguimento imediato para o devido tratamento. Por fim, a experiência adquirida nessa ação pelos alunos trouxe uma capacitação da vida acadêmica para a prática médica levando ao reforço do vínculo médico paciente e ao aumento da confiança dos discentes na realização do exame clínico.



Palavras Chave ( separado por ; )

Doenças prostáticas; Neoplasia; Próstata

Área

Uro-oncologia

Instituições

Unifor - Ceara - Brasil

Autores

Ivon Teixeira de Souza, Ingryd Diógenes Pinheiro Gomes, Sarah de Sousa Magalhães, Lucas Loiola Albuquerque, Eduardo Linhares Soares, Amanda Alencar de Carvalho, Letícia Macedo Pinto, Ianara Nogueira Dutra