Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Cirurgia “nephron sparing “ por videolaproscópica em pacientes com neoplasia renal : técnica e resultados na era da cirurgia robótica

Resumo

Introdução: a cirurgia videolaparoscópica(VLP) ”Nephron Sparing” foi introduzida no tratamento de pequenos tumores renais para tentativa de preservação maior dos órgãos e na tentativa de trazer resultados semelhantes à cirurgia radical convencional.
Objetivos: consiste em apresentar a técnica e resultados da cirurgia preservadora de néfrons em pacientes com câncer renal
Métodos: estudo retrospectivo, analisando um total de 142 pacientes operados de 2012 a 2018 no Hospital São Paulo(Ribeirão Preto – SP), com média de idade de 56 anos(29 a 69 anos). Seguimento mínimo foi de três a seis anos, seguindo as orientações EORTC. Cirurgia realizada por via transperitoneal, com tamanho tumoral médio de 3,1 centímetros( 1,5 a 7 centímetros). A técnica utilizada utilizada foi reproduzir a cirurgia aberta, utilizando fios de Vicryl presos com Hemolock para sutura renal, ancorado em gordura e Gelfoan.
Resultados: o sangramento intraoperatório médio foi de 110 ml( 70-158 ML), com aumento da creatinina, uréia e queda dos índices hematimétricos sem significância estatística. Durante o seguimento, não houve recorrência local ou a distância.
Conclusão: a Cirurgia Videolaparoscópica mantém resultados da cirurgia convencional, com a vantagem do procedimento minimamente invasivo. Por sua alta complexidade e longa curva de aprendizagem, a Cirurgia Videolaparoscópica deve ser realizada em Centros de Excelência.

Palavras Chave ( separado por ; )

Cirurgia videolaparoscópica; tumor renal; Cirurgia Nephron sparing

Área

Litíase / Endourologia

Instituições

Hospital São Paulo - Sao Paulo - Brasil, Universidade de Ribeirão Preto - UNAREP - Sao Paulo - Brasil

Autores

Haylton Jorge Suaid, Matheus Soares Vital, Fabiano Parigi, Gabriel Salim Casseb, Felipe Barufaldi, João Antônio Vannucci Paluan, Murilo Ferreira Andrade, Minoru Morihisa, Marcelo Denilson Baptistussi, Luiz Mário Gentil Neto