Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

AVALIAÇAO DA MARGEM CIRURGICA NAS NEFRECTOMIAS PARCIAIS ONCOLOGICAS EM UM SERVIÇO DE RESIDENCIA MEDICA

Resumo

OBJETIVO: Avaliar a experiência institucional na realização de nefrectomia parcial quanto a resultados oncológicos: margem cirúrgica e tempo livre de recorrência e correlacionar esses dados com os detalhes do procedimento realizado.

MATERIAIS E MÉTODOS: Foram avaliados retrospectivamente 115 pacientes submetidos a 122 nefrectomias parciais (aberta ou videolaparoscópica) no período de Janeiro/2009 a Fevereiro/2019. Foram excluídas lesões benignas e os tumores de Wilms. Analisou-se o perfil epidemiológico, estadiamento, tempo cirúrgico, tempo de isquemia renal, margens cirúrgicas e tempo livre de recorrência. Análise estatística realizada por testes t-Student, Qui-quadrado e teste de correlação de Pearson quando apropriados com significância de 0,05.

RESULTADOS: Observadas margens cirúrgicas comprometidas em 12,3% (15/122) dos casos, sendo em 9,28% (9/97) das abertas e em 24% (6/25) das videolaparoscópicas (p=0,04). A taxa de recorrência foi de 42,86% e 20% (p=0,57) nas cirurgias abertas e videolaparoscópicas respectivamente, com tempo médio de sobrevida livre de recorrência de 36,3 meses no primeiro grupo. Nas cirurgias videolaparoscópicas apenas 1 paciente apresentou recorrência (11,5 meses).
Correlação entre a positividade da margem cirúrgica e o tempo de cirurgia (r=0,07 / p=0,44) ou de isquemia renal (r=0,13 / p=0,31) não foi observada. Houve correlação fraca do estadiamento T com a positividade da margem (r=0,2) com significância estatística (p=0,04).

CONCLUSÃO: A análise da experiência institucional identificou taxa de positividade das margens cirúrgicas semelhante a de outros estudos que avaliaram cirurgias abertas. Porém, nas cirurgias videolaparoscópicas, tal taxa foi acima das séries de outros serviços.
Estes achados podem ser justificados no contexto de instituição de ensino com um número de procedimentos minimamente invasivos ainda pequeno (n=25) e portanto com equipe ainda em curva de aprendizado.

Palavras Chave ( separado por ; )

nefrectomia parcial; margem cirúrgica; recorrência; tempo cirúrgico; tempo de isquemia renal; laparoscopia; cirurgia aberta

Área

Uro-oncologia

Instituições

Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo / HCFMRP-USP - Sao Paulo - Brasil

Autores

André Antônio Batista, Rafael Neuppmann Feres, Antônio Antunes Rodrigues Jr, Thadeu Baraldi Ferreira, Thiago Henrique Caetano da Silva, Pedro Lugarinho Menezes, Marcelo Pires de Campos Linardi, Alan Cantalabio Costa, Sérgio Franca de Souza Filho, Rodolfo Borges dos Reis