Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

URETROSTOMIA PERINEAL DEFINITIVA - UMA SOLUÇAO PRATICA E DE APLICAÇAO VERSATIL

Resumo

Resumo
Introdução
Atualmente a maioria das estenoses uretrais pode ser corrigida em tempo único. Em contrapartida, casos desafiadores são comuns no cenário das reconstruções uretrais. O ambiente desfavorável ao sucesso na reconstrução, por vezes, desanima até cirurgiões experientes a realizarem mais uma tentativa de correção. As primeiras técnicas de reconstrução uretral tratavam-se das técnicas estagiadas, onde a primeira etapa consistia na uretrostomia perineal (UP). A UP, conceito pioneiro nesse tratamento, deve ser ponderada como tratamento definitivo diante de um ambiente desfavorável à reconstrução clássica.
Objetivo e Método
Revisão de prontuário dos pacientes submetidos a uretrostomia perineal no Hospital Universitário Pedro Ernesto entre 2007 e 2019. Foi avaliada a etiologia da doença uretral que determinou a indicação de uma uretrostomia perineal definitiva. Os casos onde a UP foi realizada como procedimento temporário para reconstrução estagiada não foram incluídos.
Resultado
Ao todo, 25 pacientes foram submetidos a uretrostomia perineal definitiva. A média de idade foi de 66 anos. As indicações foram: doença uretral complexa, risco cirúrgico elevado e, principalmente, por decisão do paciente. As etiologias envolvidas foram: 02 casos por cirurgias de próstata benigna a millin (8%), 04 casos associados a procedimentos endoscópicos de ressecção (16%), 04 casos associados a acidentes de cateterismo (16%), 08 casos associados a estenoses complexas multi-operadas (32%), 03 casos associados a balanite xerotica obliterante (12%), além de causas menos comuns como acidentes associados a próteses penianas. Causas iatrogênicas associadas a cirurgias urológicas, procedimentos endoscópicos e cateterismo, representaram 64% dos casos (16/25).
Conclusão
As etiologias envolvidas nos casos onde a uretrostomia perineal foi realizada de forma definitiva foram diversas não havendo um padrão obrigatório quanto ao tipo de estenose ou complexidade da doença. Restaurar a micção pelo meato uretral na glande é uma opção do paciente e independente da etiologia da estenose pacientes devem ser aconselhados de forma a entender a UP como uma opção de tratamento.
As principais condições que justificaram a realização da uretrostomia perineal definitiva em nosso setor foram de origem iatrogênica, justificando ampliarmos os cuidados e orientação antes de qualquer manipulação do trato urinário.

Palavras Chave ( separado por ; )

Uretrostomia perineal definitiva; tratamento definitivo; causas iatrogênicas

Área

Trauma / Uretra / Urologia Reconstrutora

Instituições

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PEDRO ERNESTO - Rio de Janeiro - Brasil

Autores

CAIO HENRIQUE LUCIO CARRASCO, THALES MENDES MIRANDA, JUAN PABLO SUAREZ BARBERAN, RAPHAELA de ALMEIDA GAZZOLI, ALUISIO ALMEIDA PINTO, JOAO GUILHERME de SOUZA CARVALHAL, EMANUEL de FREITAS CARVALHO, PEDRO LAGO FERRER, MIGUEL de OLIVEIRA OSTA, RONALDO DAMIAO