Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

CARACTERISTICAS DE IMAGEM DE 30 PACIENTES APOS ULTRASSONOGRAFIA FOCAL DE ALTA INTENSIDADE (HIFU) PARA TRATAMENTO PRIMARIO DO CANCER DE PROSTATA LOCALIZADO

Resumo

Introdução
A ultrassonografia focal de alta intensidade (HIFU) para tratamento de câncer de próstata (CaP) localizado altera a estrutura prostática a ponto de em imagens pós procedimentos podermos averiguar achados típicos.
Objetivo
Demonstrar as características de imagem de 30 pacientes submetidos a ultrassonografia focal de alta intensidade (HIFU) como uma opção primária para o tratamento de câncer de próstata localizado (CaP) detectados por biópsias por ultrassonografia transretal (USTR) de fusão, utilizando ultrassom com contraste (USCC) como imagens imediatas pós-procedimento e ressonância magnética multiparamétrica (RMmp) em 60 dias.
Materiais e métodos:
Estudo prospectivo unicêntrico de 30 pacientes iniciais, submetidos a HIFU como a opção de tratamento primário entre agosto de 2018 e março de 2019. Os critérios de inclusão foram: CaP baseado em biópsia de próstata de fusão RMmp-USTR alvo confirmando Gleason 6 (ISUP 1), Gleason 7 (3 + 4) (ISUP 2) ou Gleason 7 (4 + 3) (ISUP 3). Pacientes com volume prostático ≥ 50 cm3 também foram submetidos à ressecção transuretral da próstata (RTUP) no mesmo contexto.
Resultados
Trinta pacientes foram incluídos nas análises. Quatro pacientes foram submetidos à RTUP. O volume prostático médio, a idade, o PSA e a região de interesse foram: 49 cm3, 67,2 anos, 7,06 ng/dl e 1,2 cm, respectivamente. RMmp pré-procedimento classificou 2 pacientes (6,6%) como PIRADS 2, 5 pacientes (16,6%) como PIRADS 3, 21 pacientes (70%) como PIRADS 4 e 2 pacientes (6,6%) como PIRADS 5. A biópsia mostrou 7 pacientes ( 23,3%) com ISUP 1 unilateral, 17 pacientes (56,6%) com ISUP 2 unilateral e 6 pacientes (20%) com ISUP 3. Hemiablação de glândula foi realizada em 23 pacientes (76,6%), ablação super-focal em 6 pacientes (20 %) e ablação da glândula inteira em um (3%). Pacientes com RTUP concomitante receberam alta dois dias depois e os demais receberam alta no mesmo dia do tratamento. Os achados de imagem ultrassonográfica típicos incluem áreas ecogênicas espontâneas que representam necrose e formação de gás, e ausência de microbolhas pós-contraste na área tratada. As características da RMmp na área tratada foram: heterogeneidade nas imagens ponderadas em T2, difusão de água restrita (com alta intensidade de sinal no DWI e baixa intensidade de sinal no mapa do ADC) e ausência de realce pós-contraste no DCE.
Conclusão
Existem achados típicos de USCC e RMmp após HIFU como opção primária para CaP localizado que indicam o sucesso do procedimento.

Palavras Chave ( separado por ; )

HIFU; câncer de próstata; imagem

Área

Uro-oncologia

Instituições

Hospital Israelita Albert Einstein - Sao Paulo - Brasil

Autores

Alexandre Dib Partezani, Hugo Octaviano Duarte Santos, Guilherme Cayres Mariotti, Paulo Priante Kayano, Gustavo Caserta Lemos, Priscila Mina Falsarella, Marcos Roberto Gomes Queiroz, Rodrigo Gobbo Garcia, Ronaldo Hueb Baroni, Arie Carneiro